Volkswagen T-Cross

Participe: opine sobre seu carro

[Nome] Rodrigo Miquelino
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Modelo] VW T-Cross
[Versão] Comfortline
[Motor] 200 TSI
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] O espaço interno do T-Cross é um ponto de destaque, bem espaçoso no banco de trás mesmo com a regulagem para mim dirigindo (1,83m). O porta malas, baixando a “prateleira” (sistema save), fica com um espaço muito bom. Gosto bastante da multimídia com botão físico para volume, alguns comandos não deveriam nunca virar touch.

[Principais aspectos negativos] Um carro deste valor não ter retrovisor interno eletrocrômico é ridículo, vinculam este recurso básico ao teto solar. O acabamento realmente é muito simples para um carro deste porte. Não é exatamente uma característica negativa, mas é meu primeiro carro turbo e o lag às vezes incomoda muito. Para quem pensa em comprar, o custo benefício do carro piorou muito ao longo dos meses, paguei 97 mil no começo e hoje, no site da VW, o mesmo modelo está por 118 mil, sendo que a única diferença que percebi é a multimídia VW Play.

[Defeitos apresentados] Mesmo defeito de várias pessoas, a fixação da bieleta, resolvida no recall.

[Concessionárias] Comprei o T-Cross em fevereiro na concessionária Brasilwagen. Comprei um 19/20 que a concessionária já tinha em estoque e ofereceu um desconto que deixou o preço justo (97 mil). Pacotes de opcionais: bancos de “couro” e multimídia (na época a multimídia era opcional).
Pontos negativos do processo de compra: – Só soube se o carro tinha faróis automáticos na hora que peguei o carro (sim, tem) … não sabiam falar se era parte de algum pacote de opcionais. – Pedi instalação de filme na concessionária, no dia que retirei o carro não estava instalado, precisei levar outro dia para instalarem
Na ocasião do recall, a principal decepção. Quando decidir levar o veículo para o recall, as peças estavam em falta em todas as concessionárias. Na Brasilwagen, onde comprei o veículo, prometeram retornar quando as peças chegassem, mas simplesmente não entraram em contato. Aguardando até hoje … Por outro lado, na Marte o atendimento foi profissional, retorno da ligação para agendar em cerca de 10 dias, levei o carro e o serviço do recall foi feito na hora. Agora já sei onde levar meu carro nas revisões.

[Comentários adicionais] Vejo o motor 1.0 do T-Cross mais adequado para uso urbano, o que para mim está ok, é meu uso principal. Pelos poucos usos em estrada que fiz, a última marcha é muito longa, então qualquer redução de velocidade para 80 ou 90 pede uma redução para quinta, felizmente com as borboletas no volante esta operação fica bem rápida. Caso meu uso principal fosse rodoviário, certamente teria escolhido a Highline.

[Best Cars] Best Cars é o local onde me informo sobre carros há muitos anos, sempre manteve a alta qualidade em suas publicações.

[Data de publicação] 27/11/20

[Nome] José Fiuza Neto
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Modelo] Volkswagen T-Cross
[Versão] Confortline
[Motor] 1.0 TSI
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Construção sólida. Dirigibilidade. Comportamento dinâmico. Central multimídia. Espaço interno. Torque impressionante para um turbo 1.0. O motor é certamente um marco tecnológico para um carro de produção de massa.

[Principais aspectos negativos] Freio poderia ser mais calibrado, às vezes apresenta um rangido em marcha lenta, em ladeiras. Pode ser a pouca quilometragem (tem pouco mais de 2000km). O carro é muito silencioso, mas quando exigido o som do escape poderia ser mais encorpado, menos meia-bomba. Deve ser característica dos 3 cilindros.

[Defeitos apresentados] Até agora, absolutamente nada.

[Concessionárias] Comprei o carro na Brasilwagen Cambuci. Muito bom atendimento, nenhuma queixa.

[Comentários adicionais] Nunca fui muito chegado a suv’s ou crossovers, mas as condições de rodagem das ruas de São Paulo e a insistência da esposa me fizeram optar por um desta vez. Entre os compactos do segmento que conheço, o T-Cross é o que mais se aproxima de um hatch em termos de dirigibilidade.

[Best Cars] Editorialmente confiável, em um mercado de muita enganação e amadorismo. A seção Teste do Leitor é de grande utilidade para quem quer comprar ou trocar de carro.

[Data de publicação] 2/10/20

[Nome] Jose Leolino de Avila Filho
[Cidade] Aracaju
[Estado] SE

[Modelo] Volkswagen T-Cross
[Versão] Sense
[Motor] 1.0 turbo
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Todas as notas e comentários levam em conta o comparativo entre suvs compactos de várias marcas que fiz teste drive e do que li sobre os outros concorrentes. Excelente desempenho do motor turbo, ótimo consumo na estrada, ótima dirigibilidade, com belo estilo(questão de gosto), muito espaço para os ocupantes, bem recheado de equipamentos.

[Principais aspectos negativos] Comprei já sabendo e escolhi por ter achado a melhor opção dentre as apresentadas.
Acabamento plástico em portas e painéis deixa a desejar apesar de não incomodar em nada. Porta malas que apesar de pequeno atende satisfatoriamente nossa necessidade.

[Defeitos apresentados] Carro se encontra apenas com pouco mais de 3.000 kms, não apresentou até o momento nenhum defeito nem nada digno de registro ou reclamação, por isso as notas e o grau de plenamente satisfeito.

[Concessionárias] Só utilizei no dia em que recebi o carro, sem nada a reclamar.

[Comentários adicionais] Dentre as várias opções de Suvs compactos que tinha para comprar (PCD)fiquei na dúvida apenas entre o TCross e o Renegade que achei até bem mais confortável, mas como já tinha tido dois carros (Linea e Bravo, os dois com ótimo conforto e câmbio dualogic cambio esse que deixava a desejar)com o motor que equipa o Jeep, apesar de já ter sofrido alguns aprimoramentos, mas o consumo na cidade nos dois era desastroso e pelo que tenho acompanhado nas revistas e sites especializados continua com um consumo muito ruim, terminei optando pelo TCross no que estou plenamente satisfeito.

[Best Cars] Faço questão de ao pensar em comprar algum carro, para não ser surpreendido com algum defeito ou algo que desagrade, ler nessa seção os comentários dos proprietários pois no uso do dia a dia é que se tem a verdadeira opinião sobre defeitos e qualidades de um carro e não num simples teste drive, e é extremamente útil.

[Data de publicação] 29/5/20

[Nome] Arlindo Marques da Silva Junior
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Modelo] Volkswagen T-Cross
[Versão] Highline 250 TSI
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 4
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor]
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 3
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Desempenho.

[Principais aspectos negativos] Consumo e acabamento das peças plásticas

[Defeitos apresentados] Sim! Veio com a lâmpada da seta traseira esquerda queimada quando foi entregue. GPS travou, reinicializando o sistema com o veículo em movimento.

[Concessionárias] Péssima! Entregou o veículo com a seta queimada.

[Comentários adicionais] Pelo preço poderia ter um acabamento melhor e uma suspensão um pouquinho mais alta.

[Best Cars] Adoro! Acompanho há anos.

[Data de publicação] 30/4/20

[Nome] Alexandre Caramigo
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Modelo] Volkswagen T-Cross
[Versão] Highline 1.4 turbo
[Motor] 1.4 turbo
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 1
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] 1) Motor 1.4 turbo: Se eu tiver condições financeiras, nunca mais voltarei para um motor aspirado. Esse 1.4 turbo com injeção direta da VW e seus 25,5 kgfm de torque é apaixonante. Toda força entregue a menos de 2 mil giros.. o verdadeiro prazer em dirigir, conversando perfeitamente com o câmbio AT de 6 marchas. As borboletas atrás do volante (diferencial na categoria), auxiliam na diversão de pilotar o T-Cross.
2) Tecnologia embarcada: Painel digital muito bacana, com diversas opções de configuração e ótima multimídia com rápidas respostas ao toque. Fácil e intuitiva, a tecnologia é um diferencial desse carro.
3) Segurança: Com 06 airbags, controle de estabilidade e tração + freios a disco nas quatro rodas, frenagem automática pós colisão, sistema isofix para cadeirinhas infantis, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro e freios de manobra (evitando aquelas pequenas batidas ao manobrar), faz do T-Cross um dos mais seguros da categoria. Não a toa o modelo recebeu nota máxima (5 estrelas) no Latin NCAP.
4) Espaço interno. Pequeno por fora e gigante por dentro. Graças a plataforma modular MQB, o modelo que é um dos menores da categoria, oferece um amplo espaço interno, tanto para motorista, como para passageiros.
5) Econômico: Esse diferencial aparece principalmente na estrada, entregando em média 12 Km/L no álcool e 15 Km/L na gasolina.

[Principais aspectos negativos] 1) Acabamento: Calcanhar de Aquiles da VW. Simples demais para o preço do veículo. Plásticos de Gol, num carro com preço acima de R$ 100 mil. Nem os apliques no painel conseguem disfarçar.
2) Porta Malas: Apenas 373 litros, um dos piores da categoria. O fácil acesso e a altura para bagagens maiores minimiza esse problema, mas poderia ter pelo menos 30 litros a mais.
3) Reflexo do painel nos retrovisores laterais, atrapalhando a condução em dias de sol.

[Defeitos apresentados] 1) Maldita Porca da Bieleta: Praticamente todos os T-Cross soltam a porca da bieleta, fazendo grande barulho (parece que o carro vai desmoronar) e obrigando-nos a voltar à concessionária logo após retirarmos o veículo. Participo de diversos grupos sobre o carro em redes sociais e praticamente todos relatam esse problema crônico do carro. Incrivelmente a VW continua entregando os carros com esse defeito, prejudicando a imagem do T-Cross. Depois de 1 ano de vendas, ainda temos relatos dos novos proprietários sobre isso. No mínimo as concessionárias deveriam trocar essa porca antes de entregar os carros, mas o descaso da VW assusta.
2) O painel começou a fazer uns estalos com menos de 3 mil km rodados, causando grande frustração. A concessionária corrigiu o problema (o carro está com 10 mil km e o barulho não voltou), mas confesso, que face a baixa qualidade do plástico, fico sempre com receio desse problema crônico dos VW.

[Concessionárias] Sempre tive Honda e ótima impressão das concessionárias da marca. Confesso que fiquei com receito de adquirir um VW, pela má fama dos revendedores, o que acabou se confirmando desde o início:
1) O rapaz que fez a entrega sabia menos sobre o carro do que eu. Não tinha nenhuma qualificação para essa tarefa, detalhe importante no processo de venda de um veículo 0KM.
2) Precisei retornar a concessionária com menos de 3 mil km, face a soltura da porca da bieleta. A consultora não queria nem ficar com o carro (disse que a oficina estava cheia). Praticamente tive que brigar para consertarem o problema (é só trocar a porca) e acabei ficando 2 dias sem o veículo e quando me entregaram estava imundo (não lavaram o carro).
3) Quando deixei o carro pra trocar a porca da bieleta, pedi para verificarem o barulho no painel (estalos). Incrivelmente ficaram com o carro dois dias e disseram q não dava tempo de tirar o barulho. Tive que agendar uma outra data e ficar mais dois dias sem o carro. Pelo menos o barulho sumiu, porém, me entregaram o veículo sujo novamente.
Confesso que tenho até medo das tal das 3 revisões gratuitas, pois infelizmente não consigo ficar pra acompanhar o trabalho e desconfio do que será feito.

[Comentários adicionais] – O T-Cross é excelente em desempenho, segurança e tecnologia. Mesmo a versão 1.0 turbo (fiz o test drive) entrega grande torque, fazendo com que os motores aspirados pareçam pré-históricos comparativamente a esses novos motores turbo.
– Uma pena a simplicidade no acabamento, que aliado ao fraco serviço dos concessionários, faz com que as vendas do carro sejam menores do que o potencial que o veículo apresenta.
– Testei todos os modelos da categoria. Balancei pelo HRV (qualidade no acabamento e confiança na marca), mas optei pelo T-Cross, pois o que mais eu procurava era desempenho e que apesar dos problemas citados acima, não me arrependo, pois a diferença do motor turbo (coração do veículo) é gritante comparado aos concorrentes. Agora com o lançamento do Tracker 1.2 turbo, talvez eu ficasse entre GM e VW, mas estou feliz com meu T-Cross, pois cada dia que saio com o carro sinto o verdadeiro prazer em dirigir.

[Best Cars] Leitura obrigatória para os amantes de carro. A seção Teste do Leitor é a melhor criação do jornalismo automobilístico.

[Data de publicação] 17/4/20

[Nome] Cosme Lima
[Cidade] Santos
[Estado] SP

[Modelo] Volkswagen T-Cross
[Versão] Highline
[Motor] 1.4 turbo
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Dirigibilidade, modernidade projeto, itens segurança, tecnologia embarcada

[Principais aspectos negativos] Acabamento e extinguir pacotes opcionais vendendo apenas como itens de série, na revendo isso não é vantajoso para quem adquiriu opcionais.

[Defeitos apresentados] Não

[Concessionárias] A rede ainda precisa melhorar o atendimento, organização do fluxo de clientes. Ex.: deixei meu veículo pro recall barra estabilizadora as 8h da manhã para retirar no final do dia as 17:30h aguardei até as 19h pois o veículo só teve intervenção técnica as 18h.

[Comentários adicionais] Prazeroso de dirigir, os pontos negativos (acabamento) são coisas que devem e podem serem melhoras nos próximos modelos.

[Best Cars] Gosto dos reviews do Best cars pro conteúdo objetivo é prático sem ser tendencioso.

[Data de publicação] 17/4/20

[Nome] Vinicius
[Cidade] Santana de Parnaíba
[Estado] SP

[Modelo] Volkswagen T-Cross
[Versão] Highline
[Motor] 1.4 TSI
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 3
[Acabamento] 1
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Os três grandes trunfos do T-Cross são: 1. espaço interno, graças à plataforma de entreeixos do Virtus o espaço para quem vai atrás é bem acima da média dos outros SUVs compactos, e o porta-malas de até 420L é razoável pro segmento. 2. o motor 1.4 TSI, que anda muito bem e nunca decepciona. E 3. o painel digital Active Info Display, que era opcional e agora vem de série em algumas versões, é um show a parte, facilita a vida, e nenhum concorrente tem. Tem algumas conveniências padrão como chave presencial, acendimento automático de faróis, de limpador do para-brisa, e ligar o carro por botão. A central multimídia com espelhamento de celular é muito intuitiva e responde bem ao toque. O sistema de start-stop funciona muito bem, captando nuances de pressão do pedal do freio, ar condicionado, modos de condução e giro do volante.

[Principais aspectos negativos] O principal ponto negativo é o acabamento. É tudo plástico, e de baixa qualidade, onde a sensação é de ter comprado um Gol que veio com um aplique (também plástico) colorido no painel. Os plásticos têm rebarbas aparentes grosseiras, rangem com facilidade, e algumas peças parecem que vão sair do lugar. Ainda falando de acabamento, não tem nenhuma alça de apoio de mão no teto, mesmo nas versões sem teto solar. O ar condicionado, apesar de digital, é meio arcaico e tem poucas funcionalidades (não liga sozinho ao direcionar para o para-brisas, o leque de velocidade da ventoinha é pequeno, desativa o Auto quando ativa recirculação, não desativa o Auto quando clica nele novamente, não aumenta a ventoinha quando reduz a temperatura para Low se estiver fora do Auto, e não tem dual-zone nem como opcional). O porta-malas, apesar de razoável em espaço, falta ganchos de fixação. A central multimídia tem 4 entradas USB e Apple Car Play/Android Auto, mas das 4 entradas, só uma é para dados, sendo que as outras 3 é apenas para carregar, e o espelhamento do celular só funciona com cabo, então se você tem um pen-drive na única entrada USB em que ele funciona, vai ter que tirar pra conectar o celular. O apoio de braço é muito recuado e deixa de cumprir sua função pra ser apenas porta-treco. Por falar em porta-trecos, tem poucos espalhados na cabine, e até o porta-revista no encosto do banco só tem do lado do passageiro. Economizaram até na chave presencial, que também é do tipo canivete, mesmo que você não use a lâmina para nada. Não tem apoio para o pé esquerdo acima da caixa da roda. Não tem freio de estacionamento por botão. O painel digital é vistoso, mas ele tem poucas possibilidades de configurações, e o principal dele, que seria poder colocar a navegação por GPS no centro só funciona com o GPS nativo, se você quiser usar o Google Maps ou o Waze por espelhamento de celular nele, não funciona.

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito até o momento.

[Concessionárias] Tive pouco contato até agora, mas a recepção para a retirada do veículo na Faria Veículos em SP foi péssima: atrasos, descaso, e falta de atenção. Espero que não seja assim para as revisões ou com possíveis problemas. Me entregaram o carro com as 4 rodas calibradas com 46 PSI, sendo que o recomendado pelo manual, mesmo com carga máxima é de 38 PSI.

[Comentários adicionais] Apesar de ser um SUV compacto, e de ser mais baixo que alguns concorrentes, mesmo assim a carroceria rola muito em curvas, dando sensação de pouca estabilidade, e isso é agravado pela suspensão traseira por eixo de torção. Em comparação, consigo fazer curvas mais rápidas e fechadas com um Renegade, que é mais alto e mais pesado. O motor 1.4 realmente anda muito, mas cobra em consumo, onde mesmo andando no modo Eco, com álcool na cidade fez médias de 7 km/L, (muito próximo do Renegade, que é tido como pior deste segmento). Na estrada e com gasolina, também sem muito avanço, chegando a 11 km/L (de novo, muito próximo do que eu fazia com o Renegade Flex). Os 3 modos de condução mudam um pouco a resposta, e o modo individual, onde em teoria poderia mesclar aspectos de modos de condução diferentes não parece ser muito inteligente.

[Best Cars] Best Cars tem avaliações que abrangem exatamente o que a gente precisa saber antes de comprar um carro ou para entender comparações entre esse ou aquele modelo.

[Data de publicação] 2/4/20

[Nome] Frederico
[Cidade] Santo André
[Estado] SP

[Modelo] VW T-Cross
[Versão] Highline
[Motor] 1.4 turbo
[Ano-modelo] 2019
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 2
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Acabamento, desempenho do motor e câmbio sensacional, espaço interno tenho 1,96 e fico bem confortável, altura do solo, muitos sensores, painel de instrumentos sensacional.

[Principais aspectos negativos] Buzina muito estridente, central multimídia trava muito, espaço do porta malas pequeno, palheta do limpador dianteiro solta a borracha sempre que utilizo, pelo valor do carro faltou ajuste eletrônico dos bancos dianteiros.

[Defeitos apresentados] Palheta do limpador dianteiro solta a borracha, central Multimídia trava muito.

[Concessionárias] Quando retirei o veículo na Savol Santo André o vendedor simplesmente me deu a chave, não explicou nada do carro, ou seja estou tendo que descobrir algumas facilidades do carro lendo o manual. Por isso o atendimento eu considero Péssimo

[Comentários adicionais] Carro muito bom de dirigir

[Best Cars] Sempre consulto o site da Best Cars antes de comprar um carro novo. Excelente.

[Data de publicação] 6/3/20

[Nome] Leandro
[Cidade] Londrina
[Estado] PR

[Modelo] VW T-Cross
[Versão] Higline
[Motor] 1.4 TSI
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Carro tem excelente motor, aliado a economia de combustível se torna um excelente custo benefício, veículo super seguro, fica difícil colidir devido os sensores espalhados pelo carro ….

[Principais aspectos negativos] Não apresenta negativa ..

[Defeitos apresentados] Foi feito recall do eixo traseiro, porém tudo estava perfeito .

[Concessionárias] Utilizo para revisões e até o momento tive um bom atendimento

[Best Cars] Ótima opção

[Data de publicação] 6/3/20

[Nome] Takeshi Fujii
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Modelo] VW T-Cross
[Versão] Highline
[Motor] 1.4 TSi
[Ano-modelo] 2019
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 4
[Suspensão]
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 4
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] A lista de qualidades deste carro é grande, mas o que mais se destaca no T-Cross é o moderno motor turbo TSi que a Volks projetou. Este é um motor extremamente eficiente, pois em poucas cilindradas consegue entregar potência de sobra para uma direção mais esportiva e com muita economia de combustível. Na estrada o consumo alcança 15km/L com facilidade, desde que com uma condução mais suave. Observei que quando piso mais fundo, demandando mais potência, o consumo aumenta muito.
Outro ponto de destaque é o painel digital, que no início confesso que tive muita dificuldade pela quantidade de informação disponibilizada, mas com insistência e paciência consegui aprender e configurar ao meu gosto. O espaço interno, principalmente para quem vai atrás surpreende. O conforto de ter saída de ar condicionado para os ocupantes de trás bem como duas tomadas USB também agrada. O porta malas é suficiente para uma família de 4 pessoas. Possui um “fundo falso” que pode transformar em volume útil, aumentando a capacidade de carga.

[Principais aspectos negativos] Meu carro anterior era o Ecosport STORM 2.0 (2019) e inevitavelmente há comparações que pontuo como negativo no T-Cross. São dois pontos que gostaria de comentar em que o carro da Ford é melhor: O primeiro que menciono é a acústica do habitáculo que para o preço deste veiculo deveria ser melhor. Isso aliado à baixa-média qualidade do som que a Volks instalou. Pela esportividade do T-Cross, muitas vezes tive que segurar mais o carro nas muitas curvas das estradas de Minas Gerais. Mas para uma condução mais normal, a suspensão atende plenamente.

[Defeitos apresentados] Sem defeitos ou problemas.

[Concessionárias] Atende perfeitamente.

[Comentários adicionais] A Volks acertou em apostar na eficiência dos motores turbo. O bom e velho motor MSI, que era a referência de motor há décadas, se tornou obsoleto. A Ford ainda peca neste ponto pois o ultrapassado 2.0 do Ecosport é beberrão (motivo que levou a fazer esta troca).

[Best Cars] Há anos navego no site do BCW para buscar informações sobre carros… já mudei varias vezes de opiniao na compra em função do que lia nos comentários de proprietários. Parabéns!

[Data de publicação] 21/2/20

[Nome] Leonardo Couto
[Cidade] Belo Horizonte
[Estado] MG

[Modelo] VW T-Cross
[Versão] Comfortline
[Motor] 1,0 16V T
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 4
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio]
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Eu particularmente acho o carro bem bonito. Ele é na cor Azul. O interior em couro preto com marrom combina bem com o exterior. A lista de equipamento é muito extensa. O carro é bem completo pelo (caro) preço que pagamos. O teto-solar é um mimo que me permiti que nos outros carros da concorrência seria muito caro – renegade e hr-v. O motor é muito bom para a proposta, tenho a versão 1.0 e não decepciona no quesito torque. Meus carros anteriores (Honda 1.5 e vw 1.68v) eram bem aquém. No meu caso muito específico, precisa de um carro até 4m20. Por causa de garagem. Ou era o T-cross ou outros carros menores, como Polo e Fit. Maior que esta medida seria impossível

[Principais aspectos negativos] O consumo ainda é o vilão mesmo após 2mil km. Acho que o motor ainda não “amaciou”. Tenho feito médias de 7km/l na gasolina em cidade. Média global do carro com estrada está em 9kml. A buzina me incomoda. É muito forte e alto. Impossível dar um toquinho para agradecer alguém ou avisar um pedestre sem fazer um escândalo. O vidro dianteiro embaça por dentro. Tendo que ser limpo uma vez a cada duas semanas. Nunca, em nenhum carro meu isso já ocorreu.

[Defeitos apresentados] Na hora da entrega o capô não abriu. Tive q retirar o carro no dia seguinte.

[Comentários adicionais] O entreeixos é enorme, criando um espaço interno muito bom. O mesmo nao se pode dizer do porta-malas. É pequeno. Lógico que sabia disso na compra do carro, mas é algo a rever para uma família com filhos pequenos.

[Best Cars] Site completo

[Data de publicação] 7/2/20

[Nome] José Duarte
[Cidade] Mogi das Cruzes
[Estado] SP

[Modelo] VW T-Cross
[Versão] Highline
[Motor] 1.4
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 4
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Motor, câmbio e dirigibilidade. Antes dele tinha um Renegade Diesel. Não tem comparação. O Volks é muito melhor para o dia-a-dia.

[Principais aspectos negativos] Sistema Start-Stop – horrível. Se você quer o sistema desativado você aciona o botão após a partida e deveria ser o contrário – caso você QUEIRA essa porcaria, você pressionaria o botão. Outra coisa que não chega a desabonar mas incomoda – o interruptor da buzina. Ele é muito duro e na hora de dar apenas um pequeno “bip” você não consegue e acaba dando uma baita Buzinada na orelha das pessoas.

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito.

[Comentários adicionais] Jamais pensei em ter um VW e estou surpreso positivamente (já tive GM, Fiat, Ford, Honda, Toyota, e Jeep).

[Data de publicação] 24/1/20

[Nome] Carlos Cavalcanti do Nascimento
[Cidade] Aracaju
[Estado] SE

[Modelo] VW T-Cross
[Versão] Highline
[Motor] 1.4 TSI
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Torque, estabilidade, agilidade, compacto.

[Principais aspectos negativos] Acabamento interno.

[Defeitos apresentados] Nenhum.

[Concessionárias] discar e maracar, em Aracaju/se, notas 10.

[Comentários adicionais] que a Volkswagen melhore o acabamento para justificar o preço.

[Best Cars] canal muito importante na decisão de compra de um carro.

[Data de publicação] 1/11/19

[Nome] Gilberto L. Maluf
[Cidade] Campinas
[Estado] SP

[Versão] Highline 1.4 TSI
[Motor] 1.4 tsi turbo
[Ano-modelo] 2020
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Flexível
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 3
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem]
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo]
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão]
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva]
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Segurança, espaço interno, motor, consumo, tecnologia embargada, silencioso

[Principais aspectos negativos] Preço e acabamento

[Defeitos apresentados] Sem defeitos por enquanto

[Comentários adicionais] Me surpreendi com a qualidade do conjunto mecânico. Tive um Honda hrv exl, entre os dois, sem duvida o T Cross.
O motor é um foguete e econômico. Recomendo, apesar de ser um carro caro e acabamento simplório.

[Best Cars] Referência para todos amantes de automóveis.

[Data de publicação] 6/9/19