Toyota Prius

Toyota Prius

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] José Wilton
[Cidade] Maceió
[Estado] AL

[Versão] Toyota Prius Hybrid
[Motor] 1.8 a gasolina e elétrico
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 20.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos]
[Itens de conveniência] 5
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Design, consumo, ergonomia, dirigibilidade e tecnologia embarcada. Os itens de conveniência estão de acordo com a proposta do carro, bem como espaço interno e porta malas. Ressalto a suspensão perfeita do Prius que mesmo carregado total (passageiros e bagagem), não raspa em quebra molas.

[Principais aspectos negativos] Nada que mereça grande destaque, apenas a multimidia que apesar de jurássica dá conta do recado.

[Defeitos apresentados] Nunca

[Concessionárias] Fiz apenas uma revisão, a 2a.e considero o atendimento bom.

[Comentários adicionais] Comprei semi novo ha 30 dias. Só tenho elogios para o carro que me devolveu o prazer de dirigir.

[Best Cars] Importante site não só para conhecimento do mundo automotivo mas para auxiliar na escolha de qual carro comprar.

[Data de publicação] 20/3/20

 

 

[Nome] Paulo Gomes Da Silva
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Toyota Prius
[Motor] 1,8 + Elétrico
[Ano-modelo] 2019
[Quilometragem atual] 5.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 5

[Principais aspectos positivos] Este é meu segundo Prius. Custo benefício é o melhor na faixa de preço. Excelente consumo (média de 25 km\l). Confortável e bem-acabado. Ótimo em quase tudo.

[Principais aspectos negativos] Falta de itens como: Assistente de pré-colisão (PCS) com alerta sonoro e visual e, se necessário, frenagem automática. Sistema de alerta de mudança de faixa (LDA), controle de velocidade de cruzeiro adaptativo (ACC), Assitente de ponto cego e teto solar. Todos disponíveis nas versões vendidas fora do Brasil.

[Defeitos apresentados] Não tive problemas nem no anterior e nem no atual.

[Concessionárias] Tranquilo, ótimo atendimento e preços.

[Comentários adicionais] Carro feito no Japão. Muito silencioso, com ótimo som JBL inclusive com TV. Painel completo com diversas informações.

[Best Cars] Ótimo veículo de informação sobre carros.

[Data de publicação] 21/2/20

 

 

[Nome] Guilherme
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Modelo] Toyota Prius
[Versão] 1.8 Hybrid
[Motor] 1.8 híbrido
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] O Prius com uma proposta de valor muito interessante para as grandes cidades. A tecnologia híbrida é muito confiável, pois é um produto com mais de 20 anos de mercado no mundo e o sistema híbrido tem garantia de 8 anos, o que traz bastante tranquilidade. Em caso de necessidade de troca das baterias após o período, averiguei que, embora a bateria original custe 10.000 reais, já existem concessionárias e oficinas que o fazem por menos de 4.000. O cluster de instrumentos auxilia constantemente a conseguir boas médias de consumo. Rodo 60 quilômetros por dia em São Paulo, com médias entre 22 e 26 km/l de gasolina. Na rodovia, a 100 km/h, consegue-se médias entre 25 e 28 km/l. Adicionalmente, o veículo tem restituição de parte do IPVA pela prefeitura de São Paulo e isenção de rodízio, que entendo ser um dos melhores benefícios, pois te dá liberdade de ir e vir quando quiser, sem precisar ficar preso a algum local até 20h, tomar multas ou necessitar tem um carro reserva apenas para esses dias. O desempenho do veículo me surpreendeu, tendo sobra para arrancadas urbanas, em função do torque instantâneo proporcionado pelo sistema elétrico. Em rodovias, a desenvoltura é suficiente para viagens tranquilas. A resposta em caso de retomadas é boa, porém com aumento no nível de ruído do motor. O isolamento acústico do carro e nível de ruídos de painel é notavelmente bom, evidenciando a qualidade de construção do carro, que é feito pela Toyota no Japão. Realmente acredito que os métodos de fabricação e controle de qualidade de fornecedores é superior nas terras nipônicas. Outro ponto positivo é a suspensão do veículo. O nível de absorção a impactos é muito bom, assim como sua estabilidade em curvas, em função do sistema ser independente. Os itens de conveniência são amplos, como ar condicionado digital dual zone, aquecimento dos bancos, bancos em couro, HUD, carregamento do celular por indução, rebatimento automático dos retrovisores, chave presencial, faróis em Full LED (que, por sinal, iluminam muito melhor que as lâmpadas halogenas), sensor crepuscular, sensor de chuva, DRL em Full LED, entre outros. Um item que merece destaque a parte é a qualidade de som do carro, que vem com 8 alto-falantes da JBL, com bom equilíbrio entre frequências altas, médias e graves.

[Principais aspectos negativos] A Toyota é bastante conservadora em relação a alguns pontos. Primeiramente, o veículo não tem sensor de ré e não é possível instalar na concessionária, muito embora haja câmera de ré, que auxilia em manobras. O freio de estacionamento tem posição muito inconveniente, pois é um pedal, e deveria ser automático. Outro ponto é que o veículo não trava as portas automaticamente, infelizmente algo perigoso em São Paulo, assim como não sobe os vidros automaticamente ao trancar o carro. Por fim, a central multimídia é de baixa qualidade, pois sua resolução de tela é baixa, o processamento é lento e o touchscreen pouco responsivo. Se torna inútil por não ter Apple CarPlay ou Android Auto para reprodução de mapas e rotas na tela. A solução que adotei foi instalar um módulo de desbloqueio e espelhamento, que funcionam a contento e mostram os aplicativos Waze e Google Maps com mais segurança.

[Defeitos apresentados] Nenhum. O sistema Toyota de produção é notório em termos de qualidade. Não à toa é o veículo híbrido mais vendido do mundo. Participo de fóruns norte americanos e muitos proprietários rodam mais de 150.000 milhas (~230.000 km) sem problemas.

[Concessionárias] São melhores que as demais. A Toyota preza por excelência no atendimento ao cliente e sua metodologia difere muito das demais marcas.

[Comentários adicionais] A quem tem dúvidas sobre o Prius, não hesite em conhecer o carro. Pesquisei muito antes da compra e não me arrependo de forma alguma. É um produto de alto valor agregado, com muita tecnologia, conforto, economia e durabilidade. O Corolla Altis irá ajudar a tornar a tecnologia mais popular, mas ao andar nos dois carros, é notável que o Prius é um produto superior, por ser pensado em ser totalmente híbrido desde sua concepção em projeto, além de ter materiais de melhor qualidade e melhor consumo.

[Best Cars] O Best Cars é referência para quem realmente gosta de carros. Parabéns ao Fabrício e à equipe pela qualidade do conteúdo. Sou leitor há mais de 10 anos diariamente e essa seção sempre foi muito importante fator para minhas tomadas de decisão.

[Data de publicação] 14/11/19