Jeep Cherokee (segunda geração)

 

Participe: opine sobre seu carro

 

[Nome] Mário César Santana de Almeida
[Cidade] Porto Alegre
[Estado] RS

[Versão] 3.7 Sport 4×4
[Motor] 3.7
[Ano-modelo] 2006
[Quilometragem atual] 150.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de dirigir] 5
[Instrumentos] 5
[Itens de conveniência] 4
[Espaço interno] 4
[Capacidade de bagagem] 3
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 3
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Estilo, é um Jipão, faróis redondos ao estilo Wrangler, snorkel para captação do ar acima dos faróis, posição de dirigir excelente, motor com muito torque, a partir de 1200 rpm já fornece 27 kg de torque. Rodando a 2000 rpm a 110 km/h não se escuta o motor. Freios abs e estabilidade quase de um sedan. Tenho uma lancha cujo conjunto con o reboque são 700 kg. O carro nem sente, sempre mostrando força em qualquer faixa de giro. O câmbio apesar de 4 marchas é extremamente suave, tanto que equipa mais uns 8 modelos nos EUA. A mudança de marcha é percebida somente pelo contagiros sem qualquer tranco. Pode-se dirigir com muita suavidade em qualquer situação e isso se traduz em prazer ao dirigir. No fora de estrada (não confundir com off pesado, trilhas, piranbeiras, etc) com o 4×4 mantém sempre a trajetória mesmo passando em barros e lamas. O 4×4 é blocante, logo, na cidade em curvas fechadas ele sofre. Na reduzida 4×4 vira um animal raivoso com muita força, capaz de rebocar qualquer caminhão carregado. A CMT do Jeep diz que não deve ultrapassar 3360 kg. O carro é bonito e não chega a ser ostensivo. O porta malas é bom considerando o tamanho do carro 4,44 cm. Muita tranquilidade pra se estacionar em qualquer vaga de shopping e manobrar nas vagas das ruas. Robustez a toda prova.

[Principais aspectos negativos] Somente o tempo em se conseguir peças. Comprei algumas de um importador e esperei 15 dias, mas como não eram peças condicionantes para a condução do carro, não interferiu, mas confesso ser um saco ficar esperando e acompanhando o rastreamento dos correios. Não uso concessionárias, nem experimento. Como todo carro americano o bocal do tanque do combustível é estreito, sempre tenho que orientar aos frentistas para colocar pressão mínima pra não espirrar gasolixo , quer dizer, gasolina pra fora.

[Defeitos apresentados] Há oito meses com o carro, peguei com 119.000, está com 126.000, só manutenção preventiva de ítens de desgaste.

[Comentários adicionais] Na cidade faz 4 km/l mas a utilização é intensa em ruas internas e trajetos curtos. Em trechos alternando grandes avenidas a média é 6km/l. Na estrada já fiz 9,18 km/l (recorde) mas a 110 km/h sem muitas acelerações e desacelerações pensem em 8,5 km/l. Não é um carro para representantes comerciais, vendedores ou pessoas que usem como meio de visitas a clientes e fornecedores. Compre um Honda Fit nesse caso. Mas eu que uso reboque, estradas de terra e curto um motorzão, tá perfeito. Relação custo benefício maravilhosa. Carro de R$ 41 mil na fipe nov/2015, já depreciou tudo o que tinha que depreciar a partir de agora o preço fica estável por anos.

[Best Cars] Conheço desde 1998 e sempre passeio por aqui, fonte obrigatória de informação de qualidade e atualização do mundo automobilístico. Sempre assim!

[Data de publicação] 15/1/16

 

 

[Nome] Amauri Cherokee Sport
[Cidade] São Paulo
[Estado] SP

[Versão] Sport 3.7
[Ano-modelo] 2008
[Combustível] Gasolina
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com o carro] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Não utilizo

[Estilo] 5
[Acabamento] 4
[Posição de dirigir] 3
[Instrumentos] 3
[Itens de conveniência] 3
[Espaço interno] 5
[Capacidade de bagagem] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 3
[Câmbio] 3
[Freios] 4
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 3
[Segurança passiva] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Para fãs dos Jeep Cherokee (eu sou um ), o carro é lindo, digamos que esse novo modelo, voltou às origens , pois destacam-se as linhas quadradas , identidade da marca do Cherokee Sport . Já tive alguns modelos anteriores (1998 a 2007), e posso dizer que o carro melhorou muito nos quesitos segurança/desempenho/espaço interno/freios e suspenção. No que diz respeito ao consumo , não pode-se esperar muito , pois é um carro pesado com um v6 de 211 cavalos ( medições em 4 a 5 kms/ litro na cidade e 8 kms na estrada), porém penso que se vc quer um carro da linha Jeep , suas prioridades não seriam o consumo !!!
O carro chama atenção por onde passa , sua frente com os farois grandes e acoplados aos milhas se destacam, não é um carro comum de se ver nas ruas.Sua dirigibilidade é muito gostosa , um carro silencioso e sem barulhos internos (plásticos e molduras de excelente qualidade ),não o utilizo p/ trilhas , porém nesse novo modelo percebe-se o avanço da tecnologia aliada aos recursos eletrônicos , tipo abs / esp / controle de descida de rampa etc , todos estes em conjunto com o sistema 4×4 que também é eletrônico , se desligam ou funcionam automaticamente .

[Principais aspectos negativos] destacaria o consumo , pois é alto . Também a falta de regulagem de altura e ajuste lombar nos bancos , pois em viagens longas , fica incomodo a posição de dirigir . No meu caso , pedi para fazerem um enchimento lombar no encosto do banco do motorista.Sim , antes que esqueça , tive que trocar os pneus com 30.000kms e pude reparar que é comum esse pneu não durar muito (ele vêem de fábrica no modelo HT , ou seja , uso exclusivo urbano , e não sei se é uma deficiência do modelo do pneu – Goodyear Wrangler , porém outros conhecidos que são donos de Jeep igual ao meu , se queixaram da durabilidade dos pneus , e muitos já trocaram antes mesmo dos 25.000 kms por pneus de uso misto ).

[Defeitos apresentados] Nenhum defeito.

[Concessionárias] Penso que deveriam ampliar mais os estoques de peças de reposição e criarem uma política de valores nas peças coerente com a realidade , pois os valores são exorbitantes e faz com que a maioria das pessoas ou comprem peças no mercado paralelo ou as tragam via importação independente , que foi o meu caso na maioria das vezes . No quesito mão de obra , não utilizo as concessionarias, também pelo alto preço da hora , então faço as manutenções preventivas em mecanicos particulares especializados e utilizo peças originais via importação direta.

[Comentários adicionais] Para quem busca confiança e robustez aliado a conforto / desempenho e principalmente seja fã da linha Jeep , considere o Cherokee Sport , pois é uma excelente opção , faça um teste drive , esse sim é um autêntico SUV 4×4 e para uso urbano , não é um carro muito grande , porém alto suficiente o que transmite uma visão ampla nas vias congestionadas.

[Best Cars Web Site] Foi através do Best Cars que realmente pude confirmar qualidades e defeitos na hora de trocar de carro , continuem com transparência e seriedade , pois poucas ferramentas na mídia agem transmitindo informações verdadeiras e de interesse aos consumidores . Parabéns e muito sucesso ao longo dos próximos anos.

[Data de publicação] 23/4/11