Kawasaki Versys X 300

Kawasaki Versys X 300

 

Participe: envie opinião sobre sua moto

 

[Nome] Ana Caroline
[Cidade] Palhoça
[Estado] SC

[Modelo] Kawasaki Versys 300x Tourer
[Motor] 300
[Ano-modelo] 2018
[Quilometragem atual] 15.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Insatisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 2
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 4
[Conforto] 3
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 4
[Câmbio] 3
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 2

[Principais aspectos positivos] Moto confortável para pequenas viagens (300 km), ideal para iniciantes e para aqueles que gostariam de uma moto versátil, disponível para o dia a dia e para passeios de final de semana.

[Principais aspectos negativos] – Revisão a cada 3.000 km; – Moto esquenta bastante; – Consumo médio de 22 km/L (na divulgação da moto informaram que não seria menor de 30 km/L); – Mão de obra cara e peças caras (revisões com valor médio de 500,00 reais); – Plásticos preto fosco ressecam com extrema facilidade (material de baixa qualidade);

[Defeitos apresentados] Defeitos apresentados com menos de 15.000 km: – painel não é totalmente isolado, entra água, soa e bolhas secas ficam aparente até que painel seja reaberto para limpeza (Kawasaki sabe do problema, informa que a troca do painel não corrigirá, apenas colocar silicone para refazer a vedação. Detalhe: fiz isso 2x e ainda acontece); – bateria original tornou-se inoperante depois de 1 ano e 4 meses de uso (moto não estava mais em garantia, pois para modelos fabricados antes de 2019 a garantia era de apenas 1 ano); – buzina tornou-se inoperante depois de 1 ano e 6 meses de uso (marca não se responsabiliza); – bolha na pintura do plástico lateral ao tanque de combustível (garantia trocou toda a peça); – ferrugem no suporte do baú lateral (não procurei a concessionária);

[Concessionárias] – arranharam a moto em uma das primeiras revisões (protetor de motor e bolha); – cobram valor elevado de mão de obra para avaliação de possíveis defeitos na moto (cobraram mais de 100 reais para desmontar roda por barulho na relação e constataram que era a relação que precisava ser trocada);

[Comentários adicionais] Não recomendo a moto pois o pós venda é de baixíssima qualidade, fabricante não reconhece erros e não faz recall para troca de peças defeituosas.

[Best Cars] Gosto do portal por possibilitar a expressão da opinião dos donos de automóveis e motocicletas, assim podemos ser alertados ou ainda mais confortados antes de tomar uma decisão de compra.

[Data de publicação] 26/6/20