BMW F 800 GS

BMW F800 GS

BMW F 800 GS

Participe: envie opinião sobre sua moto

BMW F 800 GS

[Nome] Dalton Rezende
[Cidade] Teresópolis
[Estado] RJ

[Modelo] BMW F 800 GS
[Versão] Adventure
[Motor] 800
[Ano-modelo] 2013
[Quilometragem atual] 40.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Parcialmente satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Insatisfeito(a)

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 4
[Instrumentos] 4
[Conforto] 4
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 3
[Suspensão] 4
[Estabilidade]
[Custo-benefício] 2

[Principais aspectos positivos] A moto é alta, passando segurança para andar em qualquer lugar. Como o modelo Adventure é mais larga e mais pesada que a GS comum, não é tão visada para roubo, fazendo com que o seguro seja mais barato. Moto muito bonita e chama atenção onde passa. O tanque de 24 litros é show, somado ao consumo médio de 20 km/l na estrada dá uma excelente autonomia. Vem com diversos acessórios de série que fazem toda a diferença em viagens, com bolha mais alta, protetor de carter e de motor, suportes para malas laterais e farol de milha.

[Principais aspectos negativos] Peguei a moto com 26000 km e todos os defeitos que são comentados nos fóruns ditos como crônicos do modelo aconteceram comigo. Até o problema do comando de seta mais comum nos modelos mais antigos eu tive, porém consegui resolver apenas com limpa contato, não houve necessidade de trocar. Mas o defeito do módulo do ABS não está sendo fácil de resolver. Já foi aberto e trocadas as escovas mas continua sem funcionar. Na concessionária a peça custa na data de hoje R$ 5.600,00 mais R$ 500,00 de mão de obra. Provavelmente vão “achar” mais algum problema para aumentar esses valores. Também tem o barulho nos discos de freios dianteiros que não há solução, além de não ter luz de pressão de óleo, o que no caso de problemas com a engrenagem da bomba de óleo, problema também comum nos modelos desse ano, pode ocasionar a perda do motor. Pelo peso (240 kg seco), altura e pela roda aro 21 na frente, a moto fica difícil de manobrar parada e em baixas velocidades.

[Defeitos apresentados] Módulo do abs, aquecedor do punho direito, comando de setas, barulho dos discos de freio dianteiros (não chega a ser defeito, mas é uma característica da moto que me incomoda).

[Concessionárias] Não há concessionárias em minha cidade. Na capital o atendimento por telefone ou mensagens (whatsapp e e-mail) é péssimo. Consegui um atendimento por telefone mais acessível em Juiz de Fora, cerca de 150 km de distância, mas o preços das peças é inviável.

[Comentários adicionais] No geral eu gostei da moto. Esperava mais porque tive antes uma F 800 R e era bem mais esperta com um motor que respondia mais rápido e andava mais com o mesmo consumo ou até menor, mas como são propostas diferentes a Adventure é uma boa moto, mas não compraria novamente. Hoje eu daria preferência a uma Tiger 800 XCA.

[Best Cars] A Best Cars é o melhor site para ajudar na escolha do seu próximo veículo, seja ele carro ou moto.

[Data de publicação] 8/9/20

__

[Nome] Marlos
[Cidade] Sobral
[Estado] CE

[Versão] Adventure
[Motor] 800
[Ano-modelo] 2015
[Quilometragem atual] 30.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Parcialmente satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 4
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 4
[Freios] 4
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Muito torque desde as baixas rotações, suspensão excelente, faróis excelente, bolha, faróis auxiliares, atuação do controle de trção é perfeito e têm bons freios.

[Principais aspectos negativos] Peso, pneus com câmara e preço das revisões

[Defeitos apresentados] Não

[Comentários adicionais] Excelente moto sem falar que chama a atenção por onde passa.

[Best Cars] Excelente, Todas as motos que já possuí fiz consultas no Best Cars

[Data de publicação] 15/12/17

[Nome] Alexandre Avelino
[Cidade] Brasília
[Estado] DF

[Versão] Adventure
[Motor] 800
[Ano-modelo] 2016
[Quilometragem atual] 10.000 km
[Combustível] Gasolina
[Tempo há que possui] De 1 a 3 anos

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito(a)
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito(a)

[Estilo] 4
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 4
[Conforto] 5
[Motor] 4
[Desempenho] 4
[Consumo] 5
[Câmbio] 4
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 3

[Principais aspectos positivos] Conforto: ergonomia perfeita para minha estatura (1,86m), boa densidade e formato do banco, tanto para pilotar sentado por muito tempo, como para pilotar em pé. Proteção aerodinâmica: A bolha é maior em relação ao modelo básico, tem a estética estranha mas é muito eficiente. Tira todo o vendo do peito, quase todo dos braços e joga para a parte superior da viseira. Nunca senti qualquer turbulência e até 130km/h consigo pilotar com a viseira semi-aberta. Motor: já conhecido há muitos anos, tem seus defeitos, mas é muito durável e oferece torque abundante desde 2000 rpm. Ótimo na cidade, onde só passo das 4000 rpm se realmente quiser, pois entrega muito desempenho logo cedo. Na estrada, nunca senti faltar motor, cruza a 150km/h com tranquilidade e bom consumo. Consumo: aqui em Brasília faço uns 21-22km/L. A pior média que atingi foi 18km/L em estrada, mantendo cerca de 140km/h, valor que considero muito bom. Como o tanque tem 24L, a autonomia continua bem acima da média. Suspensão: apesar de não ter regulagem na dianteira, é bem equilibrada, engole qualquer buraco sem se mostrar mole em velocidades altas. A traseira tem opções, mas a regulagem média me satisfaz sozinho ou com uma garupa leve.

[Principais aspectos negativos] São bobagens os pontos negativos, comuns em várias outras motos. Ela usa pneus com câmara, de reparo mais chato numa viagem – embora eu use aquele gel reparador no pneu traseiro. As peças e acessórios da marca são bem caros – precisei substituir um manete e me custou R$ 450…

[Defeitos apresentados] Não, funciona perfeitamente desde zero km.

[Concessionárias] Vou fazer em breve a revisão dos 10.000km, que rodei agora no primeiro ano com ela. Meu contato anterior foi apenas na compra da moto, compra dos baús e troca do óleo aos 1.000km. Na BMW Munique aqui em Brasília sempre fui bem atendido, nada a reclamar.

[Comentários adicionais] Nos últimos 10 anos tive inúmeras motos, de diferentes segmentos. Ao comprar essa F800 GS buscava uma moto apta para rodar muito tempo na estrada, para incursões esporádicas em estradas de terra não tão bem conservadas e para o uso na cidade. Creio que acertei. Fiz viagens longas com ela, com bagagem nos baús laterais (originais) e um saco estanque sobre a garupa – o que para mim é a configuração perfeita, já que o top case uso só na cidade e em viagens curtas. Tem muito espaço e lugar para amarrar carga. Na terra, ela me lembra demais minha antiga XLX350, muito boa de manobrar, esterça muito, sobra suspensão… não parece ter um tanque tão grande e pesar 230kg abastecida. E ainda tem os modos do controle de tração, que ajudam demais a não exagerar nas saídas de curva. E vai bem na cidade também! Como esterça bem e é alta, pego corredores tranquilamente, sem esbarrar em ninguém ou ser cozido como na Triumph Tiger 800 – fator que me fez optar pela BMW. O único alerta que faço é que ela é uma moto alta, logo requer pilotos de estatura ou experiência para manobrar, sobretudo carregada. Assim, pense nisso se tiver cogitando ter uma.

[Best Cars] Best Cars é um belo site sobre carros e sempre o consultei. Essa seção é muito útil, fico feliz que tenham voltado a publicar a parte de motos. Felicitações à equipe!

[Data de publicação] 24/3/17

[Nome] ANDERSON W. FURDIANI
[Cidade] SÃO PAULO
[Estado] SP

[Ano-modelo] 2012
[Quilometragem atual] 1.000 km
[Tempo há que possui] Até 1 ano

[Grau de satisfação com a moto] Muito satisfeito
[Grau de satisfação com a rede de concessionárias] Muito satisfeito

[Estilo] 5
[Acabamento] 5
[Posição de pilotar] 5
[Instrumentos] 5
[Conforto] 4
[Motor] 5
[Desempenho] 5
[Consumo] 4
[Câmbio] 5
[Freios] 5
[Suspensão] 5
[Estabilidade] 5
[Custo-benefício] 4

[Principais aspectos positivos] Estilo. Motor com bastante torque desde as rotações mais baixas, não necessitando de trocas constantes de marchas. Facilidade de se pilotar mesmo no trânsito urbano, anda praticamente igual às motos de menor cilindrada por entre o carros. O consumo também é bastante razoável para o tamanho da moto, ficando na casa dos 23 km/l na rodovia e cerca de 20 km/l na cidade. Outra coisa a se destacar é o ronco do motor que é belíssimo. Não dá vontade de parar de andar com ela. Os faróis também são muito eficientes.

[Principais aspectos negativos] O que todo mundo reclama e eu também é o botão de acionamento da buzina, que não é fácil de tocar sem assustar os outros ou parecer que está reclamando de algo.

[Defeitos apresentados] Até o momento não apresentou nenhum defeito.

[Concessionárias] Achei o atendimento correto e bastante profissional.

[Comentários adicionais] Tive uma G 650 GS que era muito boa, mas após andar com a F 800 GS não sosseguei até comprar uma. Ela realmente vale cada centavo que paguei.

[Best Cars Web Site] Utilizo o BCWS a muito anos, seja para me informar sobre carros ou motos e posso dizer que o nível de informação que este site proporciona é dos melhores.

[Data de publicação] 21/4/12

SEM COMENTÁRIOS