VW: menor preço e mais conteúdo para Up, Gol e Voyage

VW Red Up

 

Tempos de crise sempre estimulam a indústria a se mexer em favor do consumidor, como acontece agora com a Volkswagen: os modelos Up, Gol e Voyage para 2016 vêm com mais equipamentos de série sem o correspondente aumento de preço. No Up, a versão Take ganha preparação para sistema de áudio e, quando aplicados ar-condicionado, direção com assistência elétrica, controle elétrico de vidros e travas e volante ajustável, passa a custar R$ 37.890 ou R$ 911 a menos que antes.

As versões Move e High recebem ar, direção, vidros e travas de série (como deveriam ser desde o início), enquanto o Move passa a ter também volante ajustável, sistema de áudio, retrovisores com ajuste elétrico e alarme. Por R$ 40.390, ele custa R$ 1.711 menos que com os itens antes cobrados à parte. Ar-condicionado e áudio vêm ainda no Cross Up, que custa R$ 43.930 (menos R$ 1.901 que com os opcionais da linha anterior). O High Up acrescenta revestimento dos bancos em native, que simula couro, e sai por R$ 742 menos que antes com o item à parte. Para Black. Red e White Up, a VW apenas reduziu os preços em R$ 310.

 

 

O Gol Special, versão de entrada, ganhou preparação para áudio e limpador, lavador e desembaçador do vidro traseiro e teve o preço reduzido a R$ 31.240 com três portas e R$ 33.320 com cinco. A versão Trendline 1,6 baixou para R$ 37.140 (menos R$ 4.820 que antes) e a Comfortline, tanto 1,0 como 1,6, passa a vir com ar-condicionado por 6% menos que na tabela anterior com o opcional. O Gol Highline 1,6 e o Rallye 1,6 16V mantêm os conteúdos, mas os preços caem 5% (no Track são 2%).

Para o Voyage, o preço do Trendline desceu: com ar-condicionado e direção assistida, ficou 4% mais barato que o anterior com os itens à parte. O Comfortline recebeu ar-condicionado, com redução de 3% em relação ao item opcional no caso de motor 1,6 (1% para o 1,0), e a versão topo de linha Evidence ficou 4,7% mais em conta.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação