VW Golf agora vem do México; preços não mudam

VW Golf Highline

 

A Volkswagen passa a abastecer o mercado brasileiro com o Golf produzido no México, que substitui o modelo importado da Alemanha desde o ano passado. Sem alterações visuais (ao menos as fotos de divulgação são as mesmas do carro alemão), o hatch mantém as versões Comfortline, Highline e GTI, sendo as duas primeiras equipadas com motor turbo de 1,4 litro e 140 cv (torque de 25,5 m.kgf), e a última, com o turbo de 2,0 litros, 220 cv e 35,7 m.kgf, sempre com injeção direta de gasolina (não são flexíveis).

 

 

Os preços sugeridos partem de R$ 69.510 para o Comfortline, R$ 75.830 para o Highline e R$ 102.680 para o GTI. Não houve redução em relação às versões alemãs, embora as mexicanas estejam isentas de Imposto de Importação de 35%. Estão disponíveis os pacotes de opcionais Elegance (exceto para GTI), Exclusive e Premium (apenas para Highline e GTI), além de itens em separado como teto solar, rodas de 17 pol e assistente de estacionamento, de acordo com a versão. No segundo semestre de 2015 começa a fabricação em São José dos Pinhais, PR, o que significará que Golfs de três procedências chegarão ao mercado na mesma geração.

As versões Comfortline e Highline podem ter câmbio manual de seis marchas ou o automatizado DSG de sete marchas e dupla embreagem, enquanto o GTI vem sempre com o DSG de seis marchas. O conteúdo de série de toda a linha inclui sete bolsas infláveis (frontais, laterais dianteiras, do tipo cortina e de joelho para o motorista), controle eletrônico de estabilidade, bloqueio eletrônico do diferencial, parada/partida automática do motor e sistema de freios Multicollision.

 

Highline

 

GTI

Fotos: divulgação – Fotos ilustrativas