Volkswagen revela projetos de pequeno BY e jipe VEMP

 

A Volkswagen promoveu nesta quinta (28) um evento de imprensa na Garagem VW, um setor dedicado a sua história na fábrica Anchieta em São Bernardo do Campo, SP. Ao lado de automóveis que marcaram época para a empresa no Brasil, foram mostrados dois modelos até então secretos: os projetos BY (acima) e VEMP.

 

 

O BY exposto é o único protótipo que restou do desenvolvimento do modelo, guardado na Anchieta desde o cancelamento do projeto, em 1987. A proposta era ter um novo veículo de entrada para a marca no País, menor do que o Gol, do qual herdava a parte dianteira da carroceria (da coluna central para a frente), mas com traseira encurtada e de corte mais vertical. Soluções técnicas avançadas eram o teto sem calhas (que já existia no Fiat Uno) e o para-brisa colado à carroceria (que surgiu aqui em 1989 no Chevrolet Kadett), como hoje é o padrão de construção.

 

 

Para se escolher entre mais espaço aos passageiros ou à bagagem, o banco traseiro seria corrediço. Esse recurso foi aplicado em carro nacional no Fiat Stilo, em 2002, e chegou a modelos pequenos um ano depois no Volkswagen Fox. O BY usava o motor AP de 1,6 litro e ancoragem diferente para a suspensão traseira, necessária pelas menores dimensões. Segundo a fábrica, o projeto foi cancelado pelo desenho desproporcional (prejudicado pelo motor longitudinal), o custo de produção e o nascimento da Autolatina, união da Volkswagen com a Ford.

 

 

O outro projeto é o Volkswagen VEMP, sigla para Veículo Militar Protótipo. O jipe tinha como objetivo participar de uma licitação do Exército Brasileiro no início dos anos 1970, com tração 4×4 e capacidade para 500 kg de carga. Com construção do tipo carroceria sobre chassi, o VEMP mantinha o motor 1,6-litro arrefecido a ar dos demais modelos da linha. Suas formas simples lembram as do Tipo 181 “Thing”.

 

 

Além da tração traseira, com caixas de redução nas rodas, o motorista podia acionar a tração dianteira por uma alavanca ao lado da de transmissão. Foram feitas duas unidades do VEMP. Estima-se que uma tenha sido desmontada e a outra, que permaneceu na Anchieta, passou a ser usada internamente e foi descaracterizada. Para integrar o acervo, foi totalmente desmontado e entrou em restauração, feita quase toda a partir de fotografias de época. Hoje ele tem bancos dianteiros do Fox e motor a ar de Kombi.

Texto da equipe – Fotos: divulgação