Veja histórico do BMW M3, que faz 30 anos com edição

 

Um dos esportivos derivados de carros familiares mais empolgantes completa 30 anos: o BMW M3, que nasceu com duas portas, mas hoje é feito apenas com quatro (o duas-portas foi renomeado M4 na atual geração). Lançado em 1986 com motor aspirado de quatro cilindros, 2,3 litros e 192 cv, o M3 alcança hoje 431 cv em um seis-cilindros biturbo de 3,0 litros, potência que passa a 450 cv com o pacote Competition.

 

 

Para comemorar o aniversário a BMW lança a edição 30 Jahre (30 anos) do M3, que vem com motor de 450 cv e suspensão M com controle eletrônico. A série está disponível na cor azul Macao, a mesma oferecida há 30 anos para o carro, com revestimento interno em couro Merino preto/azul ou preto/prata. Vem com logotipo nos para-lamas dianteiros, nos encostos de cabeça e no painel, onde também aparece sua numeração na série de 500 exemplares. O 30 Jahre pode ser adquirido com transmissão manual ou automatizada DCT de dupla embreagem.

Confira, abaixo da galeria da nova edição, um breve histórico do M3 em 30 anos.

 

 

Geração E30: lançada em 1986 com duas portas (logo também como conversível) com motor de 2,3 litros e 192 cv. A potência chegava a 220 cv na versão Evolution e 238 na Sport Evolution, já com 2,5 litros. Leia história.

 

Geração E36: em 1992 o M3 perde algumas características, mas atende a um público mais amplo com opções de duas e quatro portas, além do conversível, e motor de seis cilindros em linha, 3,0 litros e 286 cv (nos EUA, 240 cv). O motor passa a 3,2 litros e 321 cv em 1995. A transmissão automatizada SMG surge no fim dessa geração. Leia história.

 

Geração E46: sai em 2000 com quase a mesma potência para europeus (343 cv) e norte-americanos (333 cv) no 3,2-litros. Não há mais o quatro-portas. A versão CSL, aliviada em peso, vem em 2004.

 

Geração E90/E92/E93: lançada em 2007 como cupê, sedã e conversível, ela estreia um V8 de 4,0 litros e 420 cv e caixa DCT de dupla embreagem e sete marchas. O GTS sai em 2009 com 450 cv e menor peso.

 

Geração F80: o M3 de 2014 é apenas sedã, passando o cupê e o conversível a se chamarem M4. O motor volta a ter seis cilindros em linha e 3,0 litros, mas com dois turbos e 431 cv (450 com o pacote Competition).

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação