Lorinser prepara novo Mercedes Classe C e linha CLS

Mercedes-Benz C Lorinser (4)

 

A Lorinser, preparadora alemã dedicada aos modelos da Mercedes-Benz desde 1981, levou ao Salão de Essen uma proposta para o novo sedã Classe C, modelo já à venda no Brasil. O conjunto aerodinâmico abrange novos para-choques, defletor de porta-malas e capas de retrovisores. Rodas de 18 a 20 polegadas podem ser aplicadas, com pneus dianteiros 235/35 e traseiros 255/30 no caso das últimas, e a suspensão deixa o carro mais próximo do solo mediante molas esportivas ou um módulo eletrônico para a suspensão a ar.

 

 

Sob o capô, a Lorinser oferece preparação para três versões. O C250 a gasolina passa da potência de 211 cv e do torque de 35,7 m.kgf para 245 cv e 40,8 m.kgf. No caso do C400, os valores de 333 cv e 49 m.kgf sobem para 389 cv e 59,2 m.kgf. Enfim, para o C220 Bluetec a diesel, os índices originais de 170 cv e 40,8 m.kgf crescem para 204 cv e 49 m.kgf. Escapamentos esportivos estão disponíveis para qualquer dos motores.

O pacote para o sedã CLS e a perua CLS Shooting Brake é outro recente lançamento da marca. São anexos aerodinâmicos, rodas de 19 e 20 pol (estas podem usar pneus 255/30 na frente e 295/25 atrás), escapamento esportivo, módulo eletrônico para rebaixar o chassi e, claro, preparações mecânicas. O CLS 300 passa de 252 para 310 cv; o CLS 350, de 306 para 326 cv; o CLS 500, de 408 para 530 cv; e o CLS 350 CDI a diesel, de 265 para 306 cv. A cereja do bolo é o esportivo CLS 63 AMG, que sai de fábrica com 525 cv e 71,4 m.kgf, mas depois de passar pela Lorinser produz 700 cv e nada menos que 102 m.kgf.

 

Classe C

 

CLS e Shooting Brake

Texto da equipe – Fotos: divulgação