Triumph redesenha Daytona 675, que será nacional

Triumph redesenha Daytona 675, que será nacional

 

A inglesa Triumph apresentou no Salão de Milão a esportiva Daytona 675 com amplas alterações. Redesenhada, a moto ganha maiores tomadas de ar e passa a ter o escapamento saindo pela lateral direita (antes vinha na rabeta). O motor de três cilindros e 675 cm³ ganhou pouca potência (2 cv, passando a 126 cv) e torque (agora de 7,6 m.kgf), mas permanece bastante competitivo na classe 600, que inclui motos como Honda CBR 600 RR, Yamaha YZF R6, Suzuki GSX-R 600 e a também nova Kawasaki Ninja ZX-6R.

 

 

A Triumph adotou bielas de titânio, que contribuem para permitir a rotação máxima de 14.400 rpm, e embreagem com deslizamento para evitar que a roda traseira trave em reduções bruscas de marcha. Quadro, suspensões e freios (com sistema antitravamento ABS que inclui um modo esportivo para uso em pista) também foram reestudados. A Daytona vem nas versões básica e R, esta com amortecedor traseiro Öhlins e sistema Quickshifter no câmbio. A nova esportiva será montada em Manaus, AM, no próximo ano.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação