Toyota i-Road: triciclo inclina-se como moto em curvas

Toyota i-Road: triciclo inclina-se como moto em curvas

 

A ideia não é nova: 15 anos atrás a Mercedes-Benz apresentou o conceito F-300 Lifejet, com duas rodas à frente e uma atrás, dotado de cabine como um automóvel, mas com inclinação para dentro das curvas como uma moto. Contudo, como nada parecido foi colocado no mercado desde então, ainda chama atenção a proposta da Toyota no Salão de Genebra com o conceito i-Road, definido como um Veículo de Mobilidade Pessoal ou PMV.

 

 

Com 2,35 metros de comprimento, largura de 85 cm e dois lugares um atrás do outro, o i-Road usa propulsão elétrica e pode rodar 50 km entre recargas, o bastante para trajetos urbanos. A cabine fechada protege das intempéries, permite o uso de aquecimento e sistema de áudio e dispensa capacete, mas achar uma vaga para estacionar parece tão fácil quanto com uma moto.

A inclinação em curvas é obtida por um sistema ativo, que analisa a velocidade e o ângulo de giro do volante para aplicar o movimento exato às rodas dianteiras, sendo que a interna se ergue e a externa se abaixa em relação à carroceria. O objetivo é tornar sua condução simples mesmo para quem não tem experiência com veículos de duas rodas.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação