Toyota Camry 2018, mais ousado, mantém V6 aspirado

 

Como já aconteceu com o Corolla, o Toyota Camry para o mercado norte-americano ganha um desenho mais ousado e esportivo no modelo 2018, revelado no Salão de Detroit. A versão local é diferente da vendida no Brasil e assim deve continuar, pois lá ele representa um carro médio familiar e não um sedã executivo como aqui. Há 15 anos é o automóvel mais vendido nos EUA, sem incluir picapes (a Ford Série F lidera o mercado como um todo).

 

 

O tema de ousadia repete-se no interior com linhas sinuosas entre painel e console. Novos recursos são projeção de informações no para-brisa, tela tátil de 8 pol e roteamento de internet. Itens de segurança incluem controlador de distância à frente, detecção de pedestre, comutação automática de faróis e assistente para manter o carro na faixa. Faltou inovação, porém, nos motores: 2,5-litros de quatro cilindros, outro associado a um elétrico (versão híbrida) e 3,5-litros V6, todos aspirados, cujas potências não foram divulgadas. A caixa automática passa a oito marchas, salvo no híbrido, que usa uma CVT.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação