Toyota 86 e Subaru BRZ despedem-se, mas terão sucessores

 

Divertidos e acessíveis (em mercados do exterior, claro), os esportivos Toyota 86 (acima) e Subaru BRZ fazem sua despedida. A Subaru está encerrando as vendas e a Toyota anuncia que ainda este ano a produção de seu modelo será encerrada — eles foram projetados em conjunto e saem da mesma fábrica da Subaru em Gunma, no Japão. Contudo, uma nova geração está a caminho.

 

 

 

Espera-se que os sucessores dos cupês esportivos com tração traseira, que devem ser apresentados no próximo ano, façam sua adesão ao motor turbo. A unidade mais cotada é o 2,4-litros de quatro cilindros opostos da Subaru, que produz 260 cv nos modelos Ascent, Legacy e Outback, bom aumento sobre os 205 cv do atual 2,0-litros aspirado. Caixas manual e automática devem continuar no catálogo.

 

 

Tanto o 86 quanto o BRZ (acima) foram apresentados em 2012 como “sucessores espirituais” do AE-86, a série de Corollas esportivos de tração traseira dos anos 80, razão para o número que denomina o Toyota (alguns mercados o receberam como GT-86 ou FT-86). Uma variação foi vendida nos EUA pela divisão Scion até 2016 como FR-S. O 86 foi exposto pela Toyota no Salão de São Paulo de 2012 e chegou a ser avaliado por revistas, mas nunca teve importação oficial para o Brasil.

Texto da equipe – Fotos: divulgação