Suzuki leva minivan e carro-picape criativos a Tóquio

Suzuki Air Triser 01

 

A Suzuki elaborou conceitos criativos para o Salão de Tóquio 2015. A minivan Air Triser tem um desenho simétrico entre a frente e a traseira (ela está indo ou vindo?), com formas que transmitem mais robustez que o usual em modelos compactos (mede 4,20 metros de comprimento), quatro portas corrediças em sentidos opostos sem coluna central e dois tetos solares. O interior permite ampla variedade de arranjos, de seis lugares (quatro em bancos individuais e um inteiriço na traseira) a uma sala de estar com os bancos dobrados e reposicionados. O painel é minimalista, com instrumentos na base do para-brisa e tela central em forma de tablet, e o revestimento do piso lembra madeira. A Suzuki aplicou um sistema híbrido com motor elétrico e outro de 1,4 litro, com câmbio automático e tração integral.

 

Outra proposta do salão é o Mighty Deck, um kei jidosha ou “carro K” que segue os limites legais da categoria, como cilindrada de 660 cm³ e comprimento de menos de 3,40 metros. De linhas simpáticas, ele pode atuar como automóvel de 2+2 lugares, com porta-malas coberto e vidro traseiro aberto, ou como uma pequena picape, convertendo o porta-malas em caçamba e fechando o vidro posterior. Nessa configuração o Mighty Deck inspira-se no utilitário Mighty Boy dos anos 80. O interior segue o conceito essencial da Air Triser, com simulação de madeira na cobertura do painel, e o motor de três cilindros vem associado a um elétrico com tração dianteira.

Air Triser

 

Mighty Deck

Texto da equipe – Fotos: divulgação