Ferrari 488 vai a Frankfurt em versão aberta Spider

Ferrari 488 Spider  01

 

A evolução trazida pelo Ferrari 488 GTB em relação ao 458 Italia nas versões cupês estende-se agora aos conversíveis com a estreia do 488 Spider, a tempo para o Salão de Frankfurt, em setembro. A marca de Maranello o anuncia como seu Spider de melhor aerodinâmica já feito, para o que concorre o fundo plano com geradores de vórtice (em geral são aletas longitudinais para afetar o fluxo de ar, embora neste caso não tenham sido detalhadas). O chassi usa 11 diferentes ligas de alumínio e materiais como magnésio para obter a mesma rigidez à torção e à flexão do 488 cupê.

 

 

O Spider tem teto rígido retrátil, que leva 14 segundos para abrir e se armazenar ou para fechar, e vidro traseiro corta-vento regulável em três posições para uso quando aberto. O motor é o mesmo do modelo fechado, um V8 de 3,9 litros com dois turbos, potência de 670 cv a 8.000 rpm e torque de 77,5 m.kgf a 3.000 rpm. Com câmbio de dupla embreagem e sete marchas, esse 488 acelera de 0 a 100 km/h em 3 segundos como o cupê, chega aos 200 em 8,7 s e supera 325 km/h de máxima. Usa rodas de 20 pol com pneus 245/35 à frente e 305/30 atrás e pesa 1.420 kg a seco.

 

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação