Bentley Continental GT3-R vai a 580 cv e pesa menos

Bentley Continental GT3-R 01

 

Aumentar a potência e reduzir o peso são duas boas maneiras de obter desempenho superior. A Bentley optou por ambas na edição GT3-R do cupê Continental GT, que chega limitada a 300 unidades. O motor V8 de 4,0 litros e dois turbos da versão GT V8 S ganhou maior pressão de superalimentação para passar da potência de 528 cv e do torque de 69,4 m.kgf para 580 cv e 71,4 m.kgf, sendo todo o torque oferecido já a 1.700 rpm. Por outro lado, o pesado cupê emagreceu 100 kg com a eliminação do banco traseiro e a aplicação de escapamento de titânio e rodas de alumínio forjado de 21 pol.

 

 

Mantendo o câmbio automático de oito marchas e a tração integral, que pela primeira vez na marca usa vetorização de torque (transmite mais força à roda traseira externa à curva), o GT3-R acelera de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos, ante 4,5 s do GT V8 S, mas perde em velocidade máxima (de 309 para 273 km/h). Outras alterações são a suspensão mais firme e os novos parâmetros do controle de estabilidade. Os freios são tão potentes que absorvem em uma só frenagem a energia de 10 megajoules, suficiente para abastecer de eletricidade uma casa típica por seis horas.

 

Bentley Continental GT3-R 12

 

Além das rodas, a série limitada inspirada no GT3 de competição distingue-se do GT conhecido pela pintura em branco com faixas em verde e preto, detalhes externos em fibra de carbono, aerofólio destacado na traseira, acabamento interno esportivo e apliques em verde também na cabine. Os bancos são mais envolventes e trazem revestimento em couro e camurça sintética.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação