Salão: Hyundai Creta, novo Tucson e picape-conceito

1. Hyundai Creta

Mais um para o concorrido segmento de utilitários esporte compactos: o Creta, que será fabricado no Brasil em 2017 com desenho exclusivo para nosso mercado. Apesar da produção em Piracicaba, SP, não é um derivado do HB20: a plataforma vem do Elantra. O nome é o da maior ilha da Grécia, situada no Mar Mediterrâneo.

  • Use as setas acima das fotos para navegar

Texto da equipe – Fotos: Fabrício Samahá

 

2. Hyundai Creta

Concorrente de Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks, entre outros, o Creta usa motor de 1,6 litro similar ao do HB20, mas com variação de tempo de abertura também das válvulas de escapamento (só de admissão no hatch) para obter potência de 130 cv. Outra opção é o de 2,0 litros com o mesmo variador e 166 cv. As caixas manual (apenas 1,6) e automática têm seis marchas e tração dianteira. As vendas começam em janeiro.

 

3. Hyundai Creta STC

O Creta serviu de base para um interessante conceito: a Creta STC, que sugere uma picape de perfil esportivo, cabine estendida e pequenas portas traseiras abertas para trás, como a que a Fiat Strada tem do lado direito.

 

4. Hyundai Creta STC

O desenho do utilitário foi modificado até mesmo na frente, que assumiu aspecto mais imponente e ousado. Rodas grandes, pneus largos e retrovisores diminutos são típicos de carros-conceito.

 

5. Hyundai Creta STC

A Hyundai considera a STC apenas um estudo, mas a picape bem poderia chegar ao mercado com poucas alterações. Concorreria diretamente com a Renault Duster Oroch, também derivada de SUV, e de certa forma com a Fiat Toro.

 

6. Hyundai Tucson

O nome é o mesmo do arcaico Tucson, antecessor do IX35, mas retorna para seu sucessor, que chega como importado (em mercados como os EUA o nome Tucson foi mantido na segunda geração, ou IX35, que não conviveu com a primeira). No estilo, o utilitário esporte mostra linhas inspiradas nas do Santa Fe e painel mais tradicional.

 

7. Hyundai Tucson

O Tucson será fabricado no Brasil, sem tirar de produção seus antepassados, que concorrem em faixas de preço inferiores. A gama de motores no exterior tem um 2,0-litros aspirado e um 1,6 turbo com injeção direta (175 cv e 27 m.kgf) com caixa automatizada de dupla embreagem e sete marchas. Há escolha de tração dianteira ou integral.