Salão: Mercedes-AMG GT, S63 Coupé, GLA AMG e mais

Mercedes-AMG GT 01

 

Salão de São Paulo 2014

A Mercedes-Benz é responsável por um dos carros esporte mais atraentes do Salão de São Paulo: o Mercedes-AMG GT, que acaba de ser lançado no evento de Paris. O cupê de dois lugares tem chassi e carroceria de alumínio e novo motor V8 central-dianteiro de 4,0 litros com dois turbos, que produz potência de 462 cv e torque de 61,2 m.kgf na versão básica. No GT S, mostrado aqui, os valores sobem para 510 cv e 66,3 m.kgf para acelerar de 0 a 100 em 3,8 segundos e atingir 310 km/h com o câmbio automatizado de sete marchas e dupla embreagem.

 

 

O GT S tem ainda controle eletrônico de amortecimento, ajuste do som do escapamento, diferencial com bloqueio eletrônico e rodas de 19 pol na frente e 20 pol atrás. Opcionais são os freios de compósito de cerâmica e as rodas de alumínio forjado. No interior estão revestimentos em couro e na microfibra Dinamica, tela central de até 8,4 pol no painel e a opção de apliques de fibra de carbono.

 

 

 

Outro destaque do estande é o belo S 63 AMG Coupé. O cupê de 5,02 metros de comprimento tem requintes como faróis opcionais com 47 cristais Swarovski (17 para as luzes diurnas e 30 para os sinalizadores de direção), climatização com funções de ionização e emissão de fragrância, aquecimento até para os apoios de braço e massagem nos encostos dianteiros. Com motor V8 de 5,5 litros com dois turbos, 585 cv e 91,8 m.kgf, acelera de 0 a 100 em 4,3 s. O câmbio é automático de sete marchas e a suspensão traz uma inovação: o sistema Magic Body Control permite que a carroceria se incline para dentro  da curva, em vez de apenas anular a inclinação para fora.

 

 

O recém-lançado GLA, um crossover que será fabricado também no Brasil, ganha no evento a versão de alto desempenho 45 AMG. Como no hatch Classe A e no sedã CLA de mesma designação, o motor turbo de 2,0 litros desenvolve 360 cv, a maior potência específica em um quatro-cilindros em produção hoje. Capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos, esse GLA alcança 250 km/h e vem com tração integral, câmbio de sete marchas e dupla embreagem e revestimento interno em couro e microfibra. O CLA 45 AMG está no estande (abaixo) também em versão de competição.

 

Texto e fotos: Fabrício Samahá