Site anuncia versão híbrida do novo Renault Sandero

 

O Sandero deve ganhar mecânica híbrida em 2020, quando sua terceira geração estrear na Europa por meio das marcas Dacia e Renault. A novidade é prevista pela revista L’Argus, que anuncia a adoção da mesma plataforma Renault-Nissan CMF-B dos mais novos Renault Clio e Captur e Nissan Juke. Contudo, a arquitetura do Sandero será simplificada, tanto para reduzir custos quanto para evitar competição interna com o Clio em alguns mercados.

 

 

 

De acordo com a revista, a versão Stepway do Sandero (nas fotos o atual) deve receber motor a gasolina de 1,6 litro e motor elétrico para 140 cv em operação conjunta, o que faria dele o segundo Sandero mais potente da história — o líder é o RS de 150 cv, fabricado apenas no Brasil. Outras opções esperadas são os motores a gasolina de 75 e 100 cv e a diesel de 85 cv. Os novos Sandero e Logan europeus são previstos para o Salão de Paris de 2020.

Texto da equipe – Fotos: divulgação