Renault Duster: quatro estrelas no teste do Latin NCap

Renault Duster - Latin NCap

 

O Renault Duster obteve quatro estrelas em segurança para ocupante adulto e apenas duas para a proteção de criança no teste de colisão do Latin NCap, instituto independente que analisa carros à venda na América Latina. O utilitário esporte testado foi fabricado na Colômbia e, dentro dos critérios do órgão, trazia a dotação mínima de itens de retenção oferecida no continente, ou seja, bolsa inflável frontal apenas para o motorista (as normas brasileiras requerem também a bolsa frontal do passageiro da frente).

 

 

O Duster registrou 11 pontos de 17 possíveis na proteção do adulto e 21,37 pontos (de 49 possíveis) na segurança infantil. “O veículo conseguiu quatro estrelas com o mínimo de pontos possíveis. No impacto frontal a cabeça do motorista obteve boa proteção e a cabeça do acompanhante quase impactou contra o painel. Os sistemas de sujeição mostraram proteção marginal para ambas as áreas peitorais. Foram encontradas estruturas perigosas na área do painel que poderiam ter impactado contra os joelhos do passageiro e do acompanhante da frente. O carro não contava com lembrete para cintos de segurança. A estrutura do veículo foi considerada instável, não podendo suportar cargas maiores. A unidade testada não tinha ancoragens Isofix para cadeiras infantis. O modelo comercializado como Dacia na Europa proporciona dupla proteção frontal e lateral, ancoragens Isofix e controle eletrônico de estabilidade de série na versão básica”, assinalou o instituto.

O Latin NCap testou também o Nissan Tiida sedã mexicano, modelo vendido no Brasil anos atrás, que registrou evolução ao obter quatro estrelas para adulto (zero estrela no teste anterior) e duas para criança (mesma nota de antes) por meio da adoção de bolsas infláveis frontais como item padrão. O órgão apresentará mais resultados em novembro e dezembro. O Best Cars espera que eles representem algo mais útil ao consumidor brasileiro, pois grande parte dos testes recentes do órgão mostrou modelos e versões não disponíveis aqui ou com dotação de segurança inferior à exigida pela legislação local.

 

Texto da equipe – Fotos e vídeo: divulgação