Renault comemora 20 anos de fabricação no Paraná

Renault comemora 20 anos de fabricação no Paraná

 

A Renault completou 20 anos de fabricação no Brasil nesta terça-feira (4). A ocasião foi marcada por um evento que reuniu cerca de 7 mil pessoas no Complexo Ayrton Senna, no Paraná. Desde o início de sua produção no país, em 4 de dezembro de 1998, a Renault já fabricou mais de 3 milhões de veículos e 4 milhões de motores.

 

 

A empresa hoje possui quatro fábricas no complexo paranaense: Curitiba Veículos de Passeio (CVP), Curitiba Motores (CMO), Curitiba Veículos Utilitários (CVU) e Curitiba Injeção de Alumínio (CIA). Além disso, o complexo comporta um centro de engenharia, com cerca de 1.000 engenheiros voltados para a área de Pesquisa e Desenvolvimento. A Renault também mantém em São Paulo um escritório administrativo e um Centro de Design.

Operando em três turnos, a marca fabrica sete veículos no país: Kwid, Sandero, Logan, Duster, Duster Oroch, Captur e o comercial leve Master, além dos motores SCE de 1,0 e 1,6 litro. A marca tem um quadro de 7.300 colaboradores no Brasil, além de gerar cerca de 25 mil empregos indiretos no Paraná.

 

Renault comemora 20 anos de fabricação no Paraná

 

Linha do tempo

• 1996 – Pedra fundamental do Complexo.

• 1998 – Inauguração e lançamento da minivan Scénic (acima).

• 1999 – Operação da fábrica de motores com o 1,6 16V. Lançamento do Clio.

• 2001 – Começo da fábrica de utilitários, primeira unidade industrial da Aliança Renault-Nissan em todo o mundo.

• 2006 – Início de produção do Mégane.

• 2007 – Lançamento do Logan.

• 2008 – Estreia do Sandero.

• 2011 – Lançamento do Duster.

• 2012 – Expansão da capacidade produtiva de 280 mil para 380 mil veículos por ano.

• 2015 – Estreia da picape Duster Oroch.

• 2017 – Começo da produção do Kwid e do Captur.

• 2018 – Inauguração da Curitiba Injeção de Alumínio (CIA), responsável pela produção de cabeçotes e blocos em alumínio para os motores SCE.

Fotos: divulgação