Porsche Panamera híbrido, mais rápido e eficiente

 

O Porsche Panamera de segunda geração aparece em versão híbrida com recarga externa (plug-in) no Salão de Paris, que abre dia 1/10. O Panamera 4 E-Hybrid associa um motor V6 biturbo a gasolina de 2,9 litros, 330 cv e 45,9 m.kgf a um elétrico de 136 cv e 40,8 m.kgf. Com nova caixa automatizada PDK de dupla embreagem e oito marchas (na primeira geração era usada uma automática com conversor de torque), o híbrido acelera de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos e alcança 278 km/h com os motores associados.

 

 

Não menos importante é o desempenho em modo elétrico, no qual o grande Porsche pode chegar a 140 km/h ou rodar por 50 km sem emitir poluentes pelo escapamento. O seletor de condução oferece seis modos: E-Power (só elétrico), Hybrid Auto (automático), E-Hold (preserva energia da bateria), E-Charge (motor V6 alimenta a bateria), Sport e Sport Plus (favoráveis ao desempenho). Pelos padrões europeus a versão obtém consumo médio de 40 km/l e emissão de CO2 de 56 gramas/km. A bateria ganhou capacidade (de 9,4 para 14,1 kWh) sem aumento de peso e o tempo de recarga completa reduz-se a 3,6 horas com carregador especial e tomada de 230 volts e 3,2 Ah.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação