Porsche 911 GT3 deixa 991 ainda mais picante

 

Quando a Porsche lança uma nova série do 911, como aconteceu no fim de 2011 com a 991, já se sabe que versões diversas seguirão as primeiras apresentadas, com tração integral, carroceria conversível e motores mais potentes em diferentes formatos. A regra se mantém e agora aparece o 911 GT3 da nova geração, um superesportivo com motor de aspiração natural e tração apenas traseira.

 

 

Na aparência, o novo GT3 mostra rodas e para-lamas mais largos e para-choques com aspecto diferente dos que equipam o 911 normal. O motor de seis cilindros e 3,8 litros, derivado do que equipa o 911 Carrera S e o 4S com 400 cv, fornece 475 cv a 8.250 rpm e está apto a alcançar 9.000 rpm. Entre as mudanças está o uso de bielas de titânio. De acordo com a Porsche, o supercarro acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos, chega aos 200 em 12 s e alcança 315 km/h.

O câmbio automatizado PDK de dupla embreagem, de série, é adotado pela primeira vez na versão e as rodas traseiras têm sistema de direção, que pode esterçá-las no mesmo sentido das dianteiras ou no sentido contrário, de acordo com a velocidade. Outras peculiaridades do GT3 são rodas de 20 pol em alumínio forjado, diferencial com bloqueio variável, coxins dinâmicos para sustentação do motor e amplos ajustes de suspensão.

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação