Ousado, novo Hyundai Tucson terá híbridos de até 265 cv

Ousado, novo Hyundai Tucson terá híbridos de até 265 cv



A Hyundai não poupou ousadia no desenho do Tucson de quarta geração (incluindo a segunda que aqui se chama IX35, mas teve aquele nome no mercado norte-americano). O destaque é o conjunto de faróis, formado por leds triangulares na grade e ao lado dela, que quando apagado se confunde com os elementos da própria grade.

Ousado, novo Hyundai Tucson terá híbridos de até 265 cv



O mesmo tema aparece nas lanternas traseiras, interligadas por uma faixa de leds. As laterais usam vincos e arestas em quantidade, lembrando os exageros de estilo comuns na marca há 10 anos ou mais e depois abolidos. O SUV cresceu 20 mm em comprimento, 15 mm em largura, 5 mm em altura e 10 mm no entre-eixos. O porta-malas acomoda de 546 a 620 litros, conforme a versão (é menor nas híbridas).

Ousado, novo Hyundai Tucson terá híbridos de até 265 cv



Por outro lado, o desenho interno é simples e até nostálgico em itens como o volante, cujo adorno prateado sugere os clássicos modelos de dois raios horizontais. Não existe mais alavanca da transmissão, apenas um seletor. O painel traz tela de 10,25 polegadas para a central de áudio e instrumentos digitais. A iluminação ambiente oferece 64 cores. Por aplicativo no celular o motorista pode destravar o carro e ligar o motor e o ar-condicionado a cerca de 25 metros de distância. O leque de assistências inclui ligação do navegador ao controlador de velocidade, para que este ajuste o ritmo em uma entrada de curva conforme o traçado previsto no mapa.



O novo Tucson entra em produção este mês na Coreia do Sul, mas o mercado europeu continuará a ser atendido pela fábrica na República Tcheca. Ele oferece dois motores a gasolina, um deles aspirado de 2,5 litros com 190 cv e torque de 25,2 m.kgf, voltado aos Estados Unidos. O turbo de 1,6 litro, destinado à maioria dos mercados, vem combinado a auxílio elétrico em duas versões: 150 cv com tração dianteira e 180 cv com tração integral.

Ousado, novo Hyundai Tucson terá híbridos de até 265 cv



O híbrido mais potente obtém 230 cv e 35,7 m.kgf combinados. Mais adiante haverá uma versão híbrida de 265 cv com recarga externa (plug-in). Outra opção é o 1,6 turbodiesel de 136 cv, também 4×4. A transmissão automática tem oito marchas no caso do 2,5, enquanto o 1,6 turbo usa uma automatizada de dupla embreagem e sete marchas. Ainda não se sabe se o novo SUV virá ao Brasil, onde a segunda e a terceira gerações são fabricadas pela Caoa.

Texto da equipe – Fotos: divulgação