Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades

Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades


A terceira geração do Logan e do Sandero (incluindo o Stepway) é revelada por inteiro pela Dacia, marca romena do grupo Renault, depois de imagens antecipadas no dia 7. Os dois modelos baseiam-se na nova plataforma CMF e trazem desenho atual, mantendo a sensação de solidez dos anteriores, e vários avanços técnicos.

Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades
Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades


Como na reforma anterior (que recebemos entre 2013 e 2014), a carroceria foi toda redesenhada, o que inclui para-brisa mais inclinado. Os “ombros” nos para-lamas chamam atenção, assim como os elementos de leds em forma de flechas nos faróis e nas lanternas. Estas no Sandero seguem o padrão de estilo do anterior, o que deixa deslocado o modelo brasileiro, com suas lanternas nunca adotadas na Europa.

Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades
Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades


O Sandero Stepway continua com suspensão elevada (mais 41 mm de altura de rodagem) e molduras plásticas. As barras de teto podem se tornar um bagageiro. O hatch passa a 4,10 m de comprimento e 2,60 m de entre-eixos, enquanto o Logan mede 4,40 e 2,65 m, na ordem. O interior dos dois modelos não chega a transmitir luxo, mas houve ganhos como a central de áudio com tela de até 8 polegadas em posição bem mais alta, mais espaço para as pernas no banco traseiro e capacidade ampliada para bagagem (528 litros no Logan e 328 no Sandero).

Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades
Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades


Carros sem a central têm um suporte horizontal de celular como o do Ford Ka nacional. Entre os recursos disponíveis estão frenagem autônoma de emergência, alerta de ponto cego, freio de estacionamento elétrico, faróis e limpadores de para-brisa automáticos, bancos dianteiros aquecidos e teto solar elétrico (no Sandero).

Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades
Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades


Na parte mecânica, a Dacia selecionou dois motores a gasolina: SCE aspirado de 1,0 litro e 65 cv e TCE turbo de 1,0 litro e 90 cv, ambos de três cilindros, sendo o segundo oferecido com caixa manual de seis marchas ou automática CVT. Outra opção é o Eco-G turbo de 1,0 litro, apto a rodar com gás liquefeito de petróleo (GLP) ou gasolina. Não estão previstos motor a diesel e, por ora, sistemas híbridos.

Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades
Novos Sandero e Logan: turbo, mais espaço e comodidades

Os novos Logan e Sandero devem ser fabricados também no Brasil, na unidade de São José dos Pinhais, PR, a partir de 2022. Espera-se o uso do motor turbo, seguindo-se ao 1,3-litro que estreia antes no Duster e no Captur, mas alguns itens do europeu (como de hábito) podem ficar do lado de lá do Atlântico.

Texto da equipe – Fotos: divulgação