Novo VW Golf terá GTI em março e mais três esportivos

 

A versão GTI do Volkswagen Golf de oitava geração (nas fotos a versão normal) está confirmada pela fábrica para o Salão de Genebra, Suíça, em março. O esportivo será o primeiro de quatro opções de alto desempenho do Golf: as outras são R (a gasolina e mais potente), GTD (a diesel) e GTE (híbrido gasolina/eletricidade com recarga externa). Dessas, a primeira a chegar é a R, em julho, no Goodwood Festival of Speed na Inglaterra.

 

 

A mecânica do novo GTI deve preservar o motor EA-888 turbo de 2,0 litros, com escolha entre 245 cv na versão normal e 290 cv na mais potente, que substitui a antiga Performance. A ideia de usar um sistema híbrido leve (com auxílio elétrico que não move o carro por si mesmo) foi abandonada. De acordo com a revista inglesa Autocar, espera-se tempo abaixo de 6 segundos para o 0-100 km/h e máxima de 250 km/h para a versão superior.

 

 

As caixas manual de seis marchas e de dupla embreagem com sete marchas permanecem, assim como a tração dianteira e suspensão traseira multibraço com opção de controle eletrônico de amortecimento. O novo GTI terá sempre cinco portas: as carrocerias de três portas, de baixa demanda, não serão mais produzidas. Os mais exigentes devem dispor de mais de 300 cv no Golf R, com tração integral, e há rumores de que um R Plus alcançará 350 cv.

O novo GTE, por sua vez, obterá os mesmos 245 cv do GTI com um motor 1,4 turbo e auxílio elétrico, sendo esperada uma opção de 204 cv mais tarde. A bateria de 13 kWh permite rodar 43 km em modo elétrico. Os adeptos do diesel deverão ter mais potência no novo GTD, comparada aos atuais 184 cv, mas o novo valor ainda não é conhecido.

Texto da equipe – Fotos: divulgação