Shelby GT 500, um Ford Mustang com mais de 700 cv

 

O mais potente Ford Mustang de fábrica na história faz sua estreia no Salão de Detroit: o Shelby GT 500 de nova geração, o primeiro desde que o “carro-pônei” entrou em sua fase global, em 2014. Ainda sem dados de potência exatos, o GT 500 é anunciado com mais de 700 cv no motor V8 de 5,2 litros com compressor — derivado do bloco do GT 350, mas sem o virabrequim plano. A Ford promete 0-96 km/h na faixa de 3,5 segundos e quarto de milha (0-400 metros) abaixo de 11 s, o bastante para rivalizar com o Chevrolet Camaro ZL1 (658 cv) e o Dodge Challenger SRT Hellcat (727 cv).

 

 

O novo Mustang usa caixa automatizada de dupla embreagem e sete marchas (não está prevista versão manual), cardã de fibra de carbono e freios dianteiros de 420 mm. A suspensão vem com ajuste magneto-reológico dos amortecedores e tanto os para-lamas dianteiros quanto a seção central do capô são de compósito. A Ford oferece dois pacotes: Handling, com aerofólio traseiro fixo, e Carbon Fiber Track, que traz rodas de carbono de 20 polegadas, pneus Michelin Pilot Sport Cup 2 (dianteiros 305/30 ZR 20, traseiros 315/30 ZR 20) e aerofólio ajustável, além de remover o banco traseiro.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação