Novo Mercedes S 500 L chega ao Brasil por US$ 266 mil

Mercedes-Benz S 500 L 03

 

A nova geração do Mercedes-Benz Classe S começa a chegar ao Brasil por meio da versão S 500 L (ao preço de US$ 265.900), que será seguida no começo do próximo ano pelo S 63 AMG, ambos com entre-eixos longo. Entre os destaques desse topo de linha entre os sedãs da marca alemã estão os faróis, lanternas e iluminação interna 100% por leds (são quase 500, sendo 56 em cada farol, e o carro não tem uma lâmpada sequer), faróis com facho adaptativo, assistente de visão noturna, tela no painel com duas visualizações diferentes, quadro de instrumentos em tela digital e assistente de estacionamento.

 

 

A First Class Rear (traseira de primeira classe) inclui banco executivo do lado direito, cujo ocupante pode controlar, além da inclinação do encosto de até 43,5°, a posição do banco à frente. O S 500 L tem ainda teto solar panorâmico, climatização de quatro zonas, bancos com ventilação e aquecimento, sistema de abertura e fechamento do porta-malas sem usar as mãos (basta passar o pé abaixo do para-choque) e bolsa inflável acoplada ao cinto de segurança. O sistema de áudio Burmeister, de série no Brasil, traz alto-falantes de graves na parede de fogo, entre o motor e a cabine, que usam o espaço das vigas transversal e laterais como câmara de ressonância.

O S 500 L possui motor V8 de 4,7 litros com dois turbos, potência de 455 cv e torque de 71,4 m.kgf (disponível desde 1.800 rpm), capaz de levar o sedã de 2.015 kg a acelerar de 0 a 100 em 4,8 segundos e à máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente). A caixa automática tem sete marchas, com tração traseira, e os pneus são 245/50 R 18. A suspensão é descrita como a primeira do mundo com “olhos”: o Road Surface Scan, ou analisador da superfície da estrada (opcional), detecta uma irregularidade no piso por meio de câmera estéreo e faz o controle da suspensão ajustá-la de imediato para aquela condição.