Novo Mercedes Classe C Coupé é miniatura de Classe S

2017 Mercedes-Benz C-Class Coupe

 

Se na versão sedã o Mercedes-Benz Classe C já parecia um Classe S em miniatura, era natural que o mesmo acontecesse com o Classe C Coupé em relação ao S Coupé. Pois bem: as fotos mostram o novo cupê de porte médio-grande da marca da estrela, a carroceria que faltava para a renovação completa do modelo, depois de sedã e perua. Com estreia em setembro no Salão de Frankfurt, o novo C mede 95 mm a mais em comprimento, 40 mm em largura e 80 mm em entre-eixos em relação ao anterior. Os faróis são baseados em leds, as janelas das portas não têm molduras, o teto solar abrange grande parte do teto e há opção do pacote visual AMG com para-choques, grade e saias laterais, além de rodas de 18 polegadas. Como tem sido habitual nos novos Mercedes, a série limitada inicial Edition 1 traz detalhes próprios de acabamento.

 

 

No interior luxuoso estão recursos como sistema de áudio Burmester, visualização de 360 graus em torno do carro, controlador de distância à frente que pode ser usado a até 200 km/h, frenagem automática a até 50 km/h para evitar colisões, assistente de estacionamento que também aciona os freios (estamos cada vez mais perto da condução autônoma), assistente para manter o carro na faixa de rolamento (usa frenagem de um só lado para esse fim, caso detecte risco de colisão com veículo na faixa ao lado) e ar-condicionado que, ao operar em conjunto ao navegador, ativa a recirculação de ar ao entrar em túneis e a desativa ao sair deles.

A linha europeia compreende as versões a gasolina C180, com motor turbo de 1,6 litro e potência de 156 cv; C200, com um turbo de 2,0 litros e 184 cv; C250, com 211 cv na mesma unidade; e C300, com 245 cv também no 2,0-litros, enquanto as opções a diesel são C220 D com 170 cv e C250 D com 204 cv, ambos com 2,1 litros e turbo. Para os Estados Unidos está previsto apenas o C300 com opção entre trações traseira e integral. A suspensão do cupê é mais firme e o deixa 15 mm mais perto do solo que o sedã. Um sistema pneumático pode ser escolhido, com controle eletrônico e ajuste conforme o programa usado no sistema Dynamic Select entre os modos Comfort, Eco, Sport, Sport Plus e Individual.

Na próxima semana a Mercedes-AMG revela a versão de alto desempenho C63.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação