Nova York mostra versão conversível do Audi R8

 

O Audi R8 de segunda geração ganha sua versão aberta, a Spyder, no Salão de Nova York. A remoção do teto fixo deixou-o um pouco mais pesado, com 1.612 kg a seco (ante 1.555 do cupê básico), mas a rigidez torcional aumentou 50% em relação ao modelo anterior. A capota macia pode ser recolhida ou fechada em 20 segundos, operação acionável a até 50 km/h, e o vidro traseiro pode ser baixado em separado.

 

 

Disponível apenas com motor V10 aspirado de 5,2 litros com potência de 540 cv e torque de 55,1 m.kgf, o R8 Spyder acelera de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e alcança a máxima de 318 km/h. Por enquanto o modelo aberto não oferece a versão Plus, que obtém 610 cv e 57,1 m.kgf da mesma unidade. Permanecem a construção do chassi em alumínio com fibra de carbono no túnel central e na região traseira da cabine, o quadro de instrumentos digital configurável e a tração integral.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação