Toyota Sienna: minivan arrojada, funcional e híbrida

 

A Toyota aposta no segmento de minivans — que perdeu espaço para os SUVs mundo afora — com uma nova geração da Sienna, a quarta desde 1997. O modelo ganhou linhas arrojadas e a nova plataforma TNGA-K com opção de tração integral. O pacote esportivo XSE inclui rodas escuras de 20 polegadas e para-choques diferentes. No interior destacam-se a tela de 9 pol da central de áudio e o Bridge Console (console em ponte), em posição elevada, sob o qual há grande porta-objetos. Curiosamente, a ideia elimina a amplidão entre os ocupantes da frente que sempre caracterizou as minivans.

 

 

 

A Sienna 2021 pode ter até oito lugares, mas as versões mais luxuosas abrem mão de um espaço para alojar dois passageiros em bancos individuais na segunda fila. A minivan da Toyota tem ainda portas laterais deslizantes e tampa traseira com acionamento elétrico, ar-condicionado de quatro zonas, projeção elevada de informações,  geladeira, sistema de áudio JBL e sistema de entretenimento traseiro com vídeo em HD.

 

 

O sistema híbrido é padrão da nova Sienna, com 243 cv combinados entre o motor a gasolina de 2,5 litros e dois motores elétricos. A tração integral usa mais um motor elétrico na traseira, que atua quando as condições são adequadas. A distribuição de torque varia de 100% dianteira a 100% traseira em velocidade constante e até 80% a um dos eixos em pisos de baixa aderência.

Texto da equipe – Fotos: divulgação