Kawasaki traz a H2 por R$ 120 mil e outras novidades

Kawasaki Ninja H2 11

 

Chega ao Brasil a Kawasaki H2, primeira moto de produção com compressor, revelada no EICMA de Milão no ano passado. Ao preço de R$ 120 mil, a superesportiva começa a ser vendida em julho com motor de quatro cilindros e 998 cm³, que obtém potência de 210 cv e torque de 13,5 m.kgf. Apesar do recurso único, a moto pouco se diferencia nesse aspecto das 1.000 de aspiração natural já disponíveis.

 

 

O pacote de segurança abrange controle de tração com três modos KTRC, assistente de arrancada KLCM (evita perda de tração do pneu traseiro e empinamento da dianteira), controle de freio-motor KEBC, freios antitravamento KIBS e assistente para troca de marcha sem uso do manete de embreagem KQS. Há ainda um amortecedor de direção eletrônico da Öhlins. O quadro é uma treliça de aço e as rodas de 17 pol usam pneu 200/55 no caso da traseira. O peso é de 238 kg, abastecida.

A Kawasaki anunciou outras novidades. As renovadas Versys 650 e 1000 chegam por R$ 33 mil a primeira (R$ 36 mil com freios ABS) e R$ 54 mil a segunda. A Vulcan S, ainda sem preço, é uma custom com o motor de dois cilindros da Versys 650, ajustado para 61 cv, enquanto a Z 300, uma versão com poucas carenagens da Ninja 300, vem em julho, também sem valor definido. Confira cada uma delas nas fotos.

 

 

Z 300

 

Vulcan S

 

Versys 650 e 1000

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação