Mitsubishi faz evento com 4×4, carro de rali e antigos

 

A fim de marcar o dia 4 de abril (4/4), considerado o dia mundial do veículo 4×4, a Mitsubishi convidou a imprensa ao autódromo Velo Cittá, na cidade de Mogi Guaçu, SP, para dirigir seus modelos de série com tração integral e experimentar como passageiro algumas versões especiais. O autódromo também pertence ao grupo Souza Ramos, dono da Mitsubishi no Brasil.

 

Uma das atrações peculiares era a picape L200 Triton Sport Survivor, que teve substituído cada conjunto roda/pneu por um sistema de lagartas, semelhante ao de alguns tanques de guerra e tratores. Infelizmente o Best Cars não pode testar o veículo, que sofreu uma pane quando estava sendo experimentado por outro jornalista.

Outro teste foi a bordo de um ASX de competição. Com apenas dois lugares, todo reforçado e com motor preparado, o SUV foi conduzido por um dos pilotos de rali da marca por trechos que misturavam asfalto e terra. Pilotado em alta velocidade, era possível perceber a resistência do carro aos saltos e solavancos pelo trajeto.

 

 

Os demais testes foram com modelos em produção: L200 Triton Sport, Pajero Full, ASX e Outlander. Alguns dirigimos na pista, inclusive por trechos inundados de água, onde era possível verificar a atuação dos controles eletrônicos de estabilidade e tração. Outros testes foram realizados em pista de trilha, onde foi possível verificar a capacidade fora de estrada e a robustez dos veículos, incluindo subidas e descidas bastante acentuadas.

 

Surpresa do evento foi a coleção de Mitsubishis que pertence ao acervo do dono do grupo, Eduardo Souza Ramos. Entre os modelos destaca-se o primeiro utilitário da marca a vir ao Brasil, um Pajero de duas portas (à esquerda), trazido pela embaixada japonesa antes ainda da liberação da importação em 1990. Havia também um Montero dos anos 90 (nome do Pajero em países de língua espanhola e nos Estados Unidos), a picape L200 da primeira geração vendida aqui e modelos L200 e Pajero de diferentes versões e gerações.

 

Um Pajero Evo também foi mostrado: era uma versão de alto desempenho, produzida na década de 1990. Carro de sonho de muita gente no início daquela década, o carro esporte Mitsubishi 3000 GT chamava a atenção no meio de diversos utilitários. Ainda podiam ser vistos dois Lancers Evolution de diferentes gerações.

Texto: José Geraldo Fonseca
Fotos: autor e divulgação (Cadu Rolim/Fotovelocidade)