Mercedes Classe S avança em assistência ao motorista

 

A atualização do Mercedes-Benz Classe S prevista para este mês ainda não foi revelada (a marca mostrou apenas um carro disfarçado, que esconde as pequenas alterações do estilo), mas suas novidades em tecnologia e assistência ao motorista não são mais segredo, assim como o novo visual do painel. Confira quais são esses avanços:

• O controlador de distância à frente Distronic passa a ter controle ativo de direção. Pode seguir a faixa de rolamento pela leitura das divisões, se possível (até 210 km/h), ou por parâmetros como muretas, defensas, refletores e veículos adiante (até 130 km/h).

• Até para mudar de faixa o Classe S auxilia o motorista: com o assistente ligado, basta acionar a luz de direção para o carro monitorar a faixa, certificar-se de não haver outros veículos e efetuar a manobra. Se o condutor intervém, o processo é suspenso.

 

 

• Se um pedestre for detectado à frente, o Mercedes não apenas freia, como é comum nesses assistentes: pode também atuar na direção para conduzir o motorista a esterçar o volante corretamente e se desviar.

• Ao ler a sinalização de limite de velocidade, o carro ajusta-se a ele. Isso inclui reduções temporárias, como em zonas de obras. Se não houver limite, como em parte das Autobahnen alemãs, usa-se 130 km/h como padrão.

• A velocidade é ajustada, também de forma automática, se o trajeto adiante tiver curvas, cruzamentos ou rotatórias, sendo retomado em seguida o valor desejado pelo condutor.

• Se o motorista deixar de atuar no volante, acelerador ou freios por algum tempo, o carro emite alerta. Caso não haja resposta (o que pode ocorrer, por exemplo, se o condutor teve um mal-estar), o Classe S freia em sua faixa até parar, acendendo o pisca-alerta pouco antes, e aciona a assistência de emergência da Mercedes.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação