Mercedes-AMG lança GLE e GLS 63 com mais de 600 cv

 

Se o que você procura em um SUV é desempenho e não apenas luxo (como no Mercedes-Maybach GLS 600), a Mercedes-Benz tem boas novidades no Salão de Los Angeles: o Mercedes-AMG GLE 63 e o GLS 63. Ambos partem do mesmo motor V8 biturbo de 4,0 litros, mas com diferentes rendimentos.

 

 

 

O GLE 63 obtém 571 cv e torque de 76,5 m.kgf, que são associados ao 22 cv do auxílio elétrico EQ Boost. A versão S do mesmo modelo (fotos acima)  tem 612 cv e 86,7 m.kgf, o que a faz concorrente direto dos novos Audi RS Q8 de 600 cv e BMW X5 M Competition de 625 cv. Com transmissão automática de nove marchas e tração integral, o GLE 63 acelera de 0 a 100 km/h em 4 segundos e o S faz o mesmo em 3,8 s, tempo igual ao dos rivais citados. No caso do S com pacote AMG Driver’s, a velocidade máxima vem limitada a 280 km/h. Ambos têm rodas especiais (de 20 pol no GLE 63 e de 21 pol no S), para-lamas alargados e outras alterações visuais. O interior mostra instrumentos esportivos na tela central do sistema MBUX.

 

 

Por sua vez, o grande Mercedes-AMG GLS 63 deriva do SUV de luxo para sete pessoas. Com motor igual ao do GLE 63 S, ele vai a 100 em 4,2 segundos com máxima de 280 km/h. É 0,4 s mais rápido nessa aceleração que o 63 da geração anterior, apesar da cilindrada reduzida em 1,5 litro. A tração integral pode operar só como traseira e as rodas chegam a 23 pol.

Mais novidades do Salão de Los Angeles 2019

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação