Mercedes-AMG E63 S: visual renovado e um V8 de 612 cv

 

A Mercedes-Benz deixou as versões AMG E63 do Classe E para depois, mas agora apresenta suas novidades da linha 2021. Como anunciado em maio para os modelos convencionais, o sedã e a perua de alto desempenho ganharam novos faróis de leds, lanternas traseiras, para-choque e grade, que nesse caso segue o estilo Panamericana com aletas verticais (veja o modelo anterior). Os defletores podem ter acabamento em cinza escuro, preto brilhante (parte do pacote AMG Night) ou em fibra de carbono (pacote AMG Exterior Carbon-Fiber). Por dentro, o AMG E63 recebeu central de áudio MBUX com comandos avançados por voz, cuja tela se integra à do quadro de instrumentos, e volante refeito.

 

 

 

A AMG não alterou a parte técnica. O E63 S mantém o motor V8 biturbo de 4,0 litros com 612 cv e torque de 86,7 m.kgf, transmissão automática de nove marchas e tração integral para acelerar de 0 a 100 km/h em 3,3 segundos no sedã com máxima de 300 km/h, se escolhido o pacote opcional. Também permanecem a suspensão AMG Ride Control com molas pneumáticas e controle eletrônico, o programa Drift Mode (que desativa a tração dianteira e o controle de estabilidade, para deixar a traseira sair com vontade nas curvas) e a opção de freios de carbono-cerâmica.

 

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação