Mercedes: 120 anos da marca com nome de menina

 

Há exatos 120 anos, o nome de uma menina de 11 anos tornou-se uma marca de carros de luxo que ganharia fama mundial como poucas. Em 2 de abril de 1900, a Daimler-Motoren-Gesellschaft decidiu chamar seus automóveis de Mercédès, em homenagem à filha de Emil Jellinek. O empresário austríaco usou pela primeira vez o nome espanhol no Mercedes 35 PS, em março de 1901. Na foto acima, o modelo 40 PS Simplex de 1902.

 

 

 

As letras curvas “Mercédès” passaram então a adornar os radiadores dos carros de passeio Daimler. O nome foi registrado como marca comercial em 23 de junho de 1902 e protegido legalmente em 26 de setembro de 1902. O nome da marca foi alterado para Mercedes-Benz após a fusão das empresas Daimler e Benz em junho de 1926. Até hoje, a Mercedes-Benz é a única marca de automóveis que leva um nome feminino. Acima, Mercedes Jellinek em carro de GP Mercedes de 1906.

Texto da equipe – Fotos: divulgação