MB, Audi, BMW e Jaguar lançam versões longas

 

Uma particularidade do mercado chinês é o gosto por versões com entre-eixos alongado: é uma forma de executivos obter espaço adicionais para as pernas — e a imponência de um carro maior — sem ter de optar por um modelo de segmento superior. Isso explica o lançamento de mais quatro dessas variações no Salão de Pequim.

 

O Audi A4 L acrescenta 9 centímetros ao entre-eixos do A4 conhecido (e já à venda no Brasil), passando a 2,91 m com comprimento de 4,81 m. Sem perder o equilíbrio visual, o sedã está 110 kg mais leve que a geração anterior de mesma versão e inclui recursos como faróis Matrix LED, instrumentos configuráveis em tela digital e projeção de informações no para-brisa. O único motor oferecido é o turbo a gasolina de 2,0 litros com potência de 190 ou 252 cv e caixa automatizada de dupla embreagem e sete marchas, havendo escolha entre tração dianteira e a integral Quattro.

 

 

Para a Mercedes-Benz, a novidade é o Classe E alongado em 14 cm (o entre-eixos passa a 3,08 m), que não se limitou ao aumento de dimensões: o teto tem novo formato e há uma janela adicional atrás das portas, o que o deixou com ar mais conservador. O E320 L mantém os cinco lugares, mas adiciona comodidades a quem viaja atrás. Será feito em Pequim pela associação Beijing Benz com opção de tração integral.

 

Na Jaguar, o escolhido para ser alongado é o XF, que aparece em versão XFL com mais 14 cm entre eixos. Fabricado em associação com a Chery, ele traz monitores de vídeo de 8 pol nos encostos dianteiros, ar-condicionado de quatro zonas, telas nos vidros com acionamento elétrico e bancos traseiros com ventilação, aquecimento e massagem. Oferece os motores de 2,0 litros com turbo (200 ou 240 cv) e V6 de 3,0 litros com compressor (340 cv), sempre com tração integral e caixa automática de oito marchas.

 

Curioso é surgir a mesma opção para o BMW X1, produzido em Shenyang em parceria com a Brilliance. O X1 L tem 4,56 m de comprimento (mais 11 que na versão original), até 18 cm adicionais de espaço para as pernas dos passageiros de trás e compartimento de bagagem variável entre 465 e 675 litros. Há três opções de motores: S-Drive 18 Li com o três-cilindros de 136 cv do Mini Cooper, S-Drive 20 Li com o quatro-cilindros de 192 cv (também oferecido como X-Drive com tração integral) e X-Drive 25 Li com uma variação dele de 231 cv. Caixas de seis e oito marchas estão disponíveis.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação