Mazda BT-50, antes “irmã” da Ranger, agora deriva de Isuzu

 

De 1998 a 2020, a picape média da Mazda foi um projeto compartilhado com a Ford Ranger asiática, que até 2012 era diferente da similar norte-americana e da vendida no Brasil. Agora isso muda com a BT-50 de terceira geração da marca japonesa: ela passa a seguir o projeto básico da Isuzu D-Max com adequações de estilo aos padrões Mazda. As duas empresas haviam anunciado a cooperação em 2016.

 

 

 

 

Com um resultado de desenho interessante, a nova BT-50 mostra interior bem de acordo com as picapes atuais e adota recursos como controlador de distância à frente, frenagem automática de emergência, assistente de faixa e monitor de pontos cegos. O motor turbodiesel de quatro cilindros e 3,0 litros é o mesmo da Isuzu, abandonando o de cinco cilindros e 3,2 litros da Ford, e opera com caixa manual ou automática de seis marchas e com tração traseira ou 4×4. A BT-50 tem capacidade de reboque de 3,5 toneladas e de carga superior a uma tonelada. A produção será na fábrica da Isuzu em Samut Prakan, na Tailândia.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação