Maserati renova Quattroporte, agora em dois temas

 

Já se vão três anos desde que o atual Maserati Quattroporte foi lançado, tempo o bastante para se fazerem as primeiras alterações de estilo. O modelo 2017 ganha novos para-choques e grade, esta dotada de aletas móveis para variar a admissão de ar ao radiador, o que melhora a aerodinâmica em 10%, de acordo com os italianos, quando menos ar é necessário.

No interior foi redesenhada a seção central do painel, que acomoda uma tela de 8,4 pol para entretenimento e navegação e comando giratório no console para controle das funções. Novos auxílios ao motorista incluem controlador da distância à frente com função para-anda, alerta de risco de colisão com frenagem automática, visão em 360 graus pelas câmeras e aviso para saída de faixa.

 

 

O Quattroporte, cuja linhagem começou em 1963, passa a ser oferecido em dois temas. O Gran Lusso prioriza o conforto e a sobriedade, com destaque para a edição Ermenegildo Zegna, que traz bancos revestidos em seda e apliques de madeira no painel e no volante. Há ainda ar-condicionado de quatro zonas e rodas de 20 pol. Por sua vez, o Gran Sport mostra-se mais dinâmico nas rodas de 21 pol, nas pinças de freio vermelhas, nos bancos envolventes e no acabamento interno.

Nada muda nos motores disponíveis: V6 biturbo de 3,0 litros com 410 cv, V6 biturbo de 3,8 litros com 530 cv nas versões GTS (para 0-100 km/h em 4,7 segundos e máxima de 310 km/h) e V6 turbodiesel de 3,0 litros e 275 cv. Todos vêm com caixa automática de oito marchas.

 

Quattroporte Gran Lusso

 

Quattroporte GTS Gran Sport

Texto da equipe – Fotos: divulgação