Maserati aplica Ferrari V8 de 580 cv a Ghibli e Quattroporte

 

Um motor V8 fabricado pela Ferrari é o sonho de muitos carros, mas realizado por poucos de outras marcas — um deles o Lancia Thema 8.32 na década de 1980. Esse privilégio agora inclui a versão Trofeo dos sedãs Maserati Ghibli e Quattroporte, que se somam ao SUV Levante no uso da unidade V8 biturbo de 3,8 litros e 580 cv da casa de Maranello. No caso do Quattroporte o V8 estava disponível até então com 530 cv.

 

 

 

Com torque de 74,5 m.kgf, o V8 leva o Ghibli (fotos acima) de 0 a 100 km/h em 4,3 segundos e o Quattroporte (abaixo) em 4,5 s, com a mesma velocidade máxima de 326 km/h em ambos — suficiente para fazer deles dois dos sedãs mais velozes da produção em série. Os dois carros usam transmissão automática de oito marchas, tração traseira, amortecedores adaptativos e seletor de modos de condução, que afeta até o som do escapamento no modo Corsa (corrida em italiano).

 

 

Por fora, Ghibli e Quattroporte Trofeo recebem rodas de 21 polegadas, detalhes em vermelho, emblema do tridente da marca nas colunas traseiras e lanternas com leds que formam um bumerangue, inspiradas nas do 3200 GT de 1998, o primeiro carro de série com lanternas de leds. O Ghibli vem ainda com duas saídas de ar no capô. Os interiores trazem bancos revestidos em couro Pieno Fiore, com o nome Trofeo bordado nos encostos de cabeça dianteiros, e inserções de fibra de carbono.