Toyota Harrier: mais conveniências no novo SUV médio

 

A Toyota anuncia a quarta geração do SUV médio Harrier, que se baseia na plataforma do RAV4. O modelo será apresentado em junho com um desenho que evolui o tema do atual. O interior traz console central com a “impressão ampla e imponente da sela de um cavalo” (nas palavras do fabricante) e o primeiro teto solar panorâmico, na marca, cujos vidros podem ser escurecidos para inibir os raios solares sem eliminar a visão de dentro para fora. A central de áudio tem tela de 12,3 polegadas e sistema JBL.

 

 

 

O pacote Safety Sense inclui detector de pedestres durante o dia e à noite, além de ciclistas durante o dia, enquanto o espelho interno digital, inédito na Toyota, permite gravar imagens na frente e na traseira do veículo. A versão híbrida traz uma tomada de acessórios de 100 volts e 1.500 watts, que permite o uso de produtos elétricos, usando as mesmas tomadas encontradas em casa, e que o veículo seja usado como gerador de energia durante blecautes e emergências.

 

 

 

O novo Harrier usa a plataforma TNGA da empresa, a mesma do atual RAV4, com maior rigidez e baixo centro de gravidade. Pode ter tração dianteira ou integral e duas versões de motores: de 2,0 litros a gasolina com injeção direta, 171 cv e torque de 21,1 m.kgf e conjunto híbrido com um 2,5-litros a gasolina (178 cv e 22,5 m.kgf), associado a um motor elétrico dianteiro (para 218 cv combinados) ou um em cada eixo (para 222 cv combinados). Em todos os casos a transmissão é CVT. Embora em gerações passadas o Harrier fosse a versão Toyota do Lexus RX, isso não mais se aplica desde o modelo anterior.

Texto da equipe – Fotos: divulgação