Lincoln Navigator conceitual combina futuro e passado

 

A Lincoln, marca de luxo da Ford nos Estados Unidos, tem sido peculiar em sua maneira de associar futuro e passado nos carros-conceito. Veja o caso do Navigator, estudo para uma nova geração do grande utilitário esporte, que aparece no Salão de Nova York: ao mesmo tempo em que propõe enormes portas “asas de gaivota”, estribos retráteis (aparecem apenas com as portas abertas) e um interior ousado com amplas telas de vídeo para os passageiros, insiste em linhas retas e um tanto conservadoras.

 

 

O contraste surge também por dentro, com o quadro de instrumentos digital e a tela central inseridos em um contexto nostálgico, notado no volante de raios horizontais e nos difusores de ar típicos de meio século atrás. Os seis bancos individuais têm numerosas regulagens. O motor do Navigator conceitual é o Ecoboost V6 biturbo a gasolina de 3,5 litros com mais de 400 cv.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação