Jeep Wrangler 4XE: híbrido com 2 motores elétricos e 350 cv

Jeep Wrangler 4XE: híbrido com 2 motores elétricos e 350 cv


Depois de Renegade e Compass, o Wrangler é o mais novo Jeep a receber uma versão híbrida, chamada de 4XE. A opção, que estará disponível na Europa, China e Estados Unidos até o início de 2021, combina um motor turbo a gasolina de 2,0 litros a dois motores elétricos para obter a expressiva potência combinada de 350 cv e o torque de 61 m.kgf.

Jeep Wrangler 4XE: híbrido com 2 motores elétricos e 350 cv


O modo elétrico permite rodar 40 km com emissão zero e a bateria admite recarga externa (plug-in). O conjunto de baterias de 400 volts com capacidade de 14 kWh fica abaixo do banco traseiro, sem afetar o espaço interno. O sistema híbrido do Wrangler 4XE tem três modos de operação: híbrido, elétrico (o motor turbo atua apenas se a bateria estiver baixa ou se o motorista exigir mais potência) e E-Save, que usa mais esse motor e poupa a energia da bateria para uso posterior. Com tração 4×4 acionada, todas as rodas alimentam a frenagem regenerativa.

Jeep Wrangler 4XE: híbrido com 2 motores elétricos e 350 cv


A Jeep garantiu que o 4XE fosse tão adequado ao uso fora de estrada quanto qualquer Wrangler, mantendo os os eixos rígidos dianteiro e traseiro, a caixa de transferência e a suspensão totalmente articulada. A capacidade de submersão é de até 76 cm.

Jeep Wrangler 4XE: híbrido com 2 motores elétricos e 350 cv


O novo Wrangler está disponível em três versões: 4XE, Sahara 4XE e Rubicon 4XE. Este último traz o sistema 4×4 Rock-Trac, com caixa de transferência de duas velocidades, tração integral permanente, bloqueios elétricos dos diferenciais dianteiro e traseiro e rodas de 17 polegadas com pneus de 33 pol, em vez das rodas de 20 pol das outras versões.

Texto da equipe – Fotos: divulgação