Hyundai Creta começa em R$ 73 mil: veja as versões

 

A Hyundai apresenta o Creta, utilitário esporte compacto que vem concorrer na faixa de Ford Ecosport, Honda HR-V, Jeep Renegade e Nissan Kicks, entre outros. Está disponível em três versões de acabamento e com motores de 1,6 e 2,0 litros, com opção entre caixas manual e automática (de seis marchas nos dois casos) para o 1,6 e apenas automática no 2,0, sempre com tração dianteira. A produção é em Piracicaba, SP, na mesma fábrica do HB20.

Conheça os preços e equipamentos de cada versão:

 

 

Creta Attitude 1,6 automático (apenas para pessoas com deficiência, R$ 70 mil) e 1,6 manual (R$ 73 mil): alarme, ar-condicionado, comandos de áudio no volante, computador de bordo, direção com assistência elétrica, fixação Isofix para cadeiras infantis, monitor de pressão dos pneus, parada/partida automática do motor, rádio com entrada USB/auxiliar e Bluetooth, rodas de alumínio de 16 pol, volante ajustável em altura e distância. Bolsas infláveis são apenas as frontais.

Creta Pulse 1,6 manual (R$ 78.290): como o Attitude, mais assistente de saída em rampa, controle eletrônico de estabilidade e tração, faróis de neblina, sensores de estacionamento na traseira.

Creta Pulse 1,6 automático (R$ 85.240): como o Pulse 1,6 manual, mais controlador de velocidade, rodas de alumínio de 17 pol.

 

 

Creta Pulse 2,0 automático (R$ 92.490): como o Pulse 1,6 automático, mais controle elétrico de vidros com função um-toque e abertura/fechamento a distância, faróis elipsoidais com luzes diurnas em leds.

Creta Prestige 2,0 automático (R$ 99.490): como o Pulse 2,0 automático, mais ar-condicionado automático, bancos revestidos em couro marrom com ventilação para o motorista, bolsas infláveis laterais e de cortina, câmera traseira de manobras, chave presencial para acesso e partida, faróis automáticos, navegador, rebatimento elétrico dos retrovisores, sistema de áudio Blue Media com tela tátil de 7 polegadas e integração a celular (Car Play e Android Auto).

O Creta baseia-se na plataforma do Elantra, do qual usa o motor de 2,0 litros e quatro válvulas por cilindro com potência de 156 cv e torque de 19,1 m.kgf (gasolina) ou 166 cv/20,5 m.kgf (álcool). Já a versão 1,6, também com 16 válvulas, recorre à unidade do HB20 com a adição de variação do tempo de abertura das válvulas de escapamento (em vez de apenas nas de admissão), o que a deixa com 123 cv/16 m.kgf (gasolina) ou 130 cv/16,5 m.kgf (álcool). O utilitário mede 4,27 metros de comprimento com 2,59 m entre eixos e tem capacidade de bagagem de 431 litros.

A Hyundai não convidou o Best Cars para conhecer o Creta, o que lamentamos, pelo que não será publicada avaliação por enquanto.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação