Hybrid Air 2L, um Peugeot 208 para 50 km/l de gasolina

Peugeot 208 Hybrid Air 2L 01

 

Salão de ParisA Peugeot expõe no Salão de Paris a versão conceitual Hybrid Air 2L do pequeno 208, que atende ao projeto governamental de fazer um carro capaz de 50 km/l (dois litros por 100 km, daí a sigla 2L), a um custo acessível, até 2020. Com base no 208 Puretech de três cilindros, 1,2 litro e 82 cv de série vendido na Europa, que faz 22,2 km/l de gasolina e emite 104 gramas de CO2 por km (pelos padrões europeus), a empresa aplicou diferentes tecnologias, a começar pela redução de peso.

 

 

Assoalho de material compósito termoplástico; laterais e painéis da carroceria, portas e teto de compósitos de carbono; molas helicoidais de suspensão no mesmo material; subchassi do motor e longarinas de alumínio e outras alterações eliminaram 100 kg. O Hybrid Air recebeu propulsão híbrida a gasolina e ar comprimido, cabendo a uma central eletrônica determinar qual deles oferece o melhor rendimento em cada situação. O modo Air permite emissão zero, enquanto o modo Gasolina é usado sobretudo em velocidade estabilizada. O modo Combinado atua em acelerações e combina as duas energias em proporções variáveis. O conceito traz ainda alterações para melhorar a aerodinâmica em mais de 20%.

 

Peugeot 208 Hybrid Air 2L 02