Hummer voltará como picape elétrica GMC de 1.000 cv

 

O Hummer prepara seu retorno, mas não como o conhecemos no passado: a marca dos valentes jipes e picapes nascidos para a guerra, depois adaptados ao uso civil, voltará como uma picape elétrica superpotente da GMC, divisão da General Motors dedicada a utilitários nos Estados Unidos. Uma imagem frontal da nova Hummer (acima) apareceu neste domingo (2) em comercial do Super Bowl.

 

 

Do pouco que foi revelado da picape, há muito a surpreender: potência de 1.000 cv, aceleração de 0 a 100 km/h em 3 segundos e torque de 11.500 libras-pé ou 1.590 m.kgf. O último dado provavelmente refere-se ao torque nas rodas, após a multiplicação pela transmissão, e não deve ser comparado a valores usuais medidos no virabrequim. Pode-se esperar que o motor ou os motores, em si, produzam algo como 160 m.kgf, ainda assim muito expressivo diante dos motores Diesel mais comuns nessas picapes: uma GMC Sierra HD com V8 turbodiesel de 6,6 litros oferece 125,8 m.kgf.

 

 

A GMC Hummer deverá ser o primeiro veículo elétrico construído na fábrica de Detroit-Hamtramck da GM, no estado de Michigan, que recebe investimento de US$ 2,2 bilhões. A revista Car and Driver prevê oferta apenas de cabine dupla, disponibilidade do sistema Super Cruise de condução semiautônoma e preço a partir de US$ 70 mil. Na foto acima, um modelo 2006 do Hummer H1 original.

Texto da equipe – Fotos: divulgação