Heresia: motor V8 turbo chega ao Ferrari GTC4 Lusso

 

Entre as coisas mais sagradas do mundo do automóvel, os Ferraris com motor V12 aspirado ocupam lugar privilegiado. Pois a marca do cavalinho começa a nos deixar em dúvida sobre sua continuidade com o lançamento do GTC4 Lusso T, seu primeiro modelo de quatro lugares com motor V8 turboalimentado. Essa versão do GTC4 Lusso, carro esporte mais familiar da atual linha Ferrari, não substitui a V12 lançada no ano passado: posiciona-se abaixo dela.

 

 

A conhecida unidade de 3,9 litros, já em uso por 488 GTB e California, desenvolve nesta aplicação potência de 610 cv a 7.500 rpm, menos que o V12 aspirado de 6,3 litros (690 cv a 8.000 rpm), mas o supera em torque (77,5 m.kgf a 3.000 rpm ante 71,1 m.kgf a 5.750 rpm). As curvas de torque variam entre a terceira e a sétima marcha da transmissão automatizada de dupla embreagem, a fim de trazer a sensação de aceleração intensa em alta velocidade, apesar da maior resistência aerodinâmica.

O novo GTC4 usa tração apenas traseira (no V12 é integral) e mantém as rodas posteriores esterçantes. Com peso a seco de 1.740 kg (menos 50 kg que no V12), acelera de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos (apenas 0,1 s a mais que no topo de linha) e alcança mais de 320 km/h (a máxima do V12 é de 335 km/h).

 

Texto: Fabrício Samahá – Fotos: divulgação