GM: Bolt SUV, Hummer de 1.000 cv e outros 10 elétricos

 

A General Motors anunciou algumas informações sobre 12 veículos elétricos que oferecerá nos Estados Unidos, por meio de quatro divisões, como parte de um programa de 20 novos elétricos a chegarem ao mercado até 2023. A empresa pretende vender um milhão de veículos a eletricidade até o meio da década na América do Norte e na China. A seguir, o que se sabe sobre eles.

 

 

GMC – Como anunciado em fevereiro, a divisão focada em utilitários terá no ano que vem a picape elétrica GMC Hummer (acima), que traz de volta a marca do jipão de guerra. O novo Hummer oferecerá 1.000 cv e algo como 200 kWh de capacidade nas baterias. Um SUV derivado da picape está previsto para depois. Ambos deverão ter painéis de teto dianteiros removíveis e enorme tela (na faixa de 15 polegadas) para a central de áudio.

Cadillac – O SUV Lyriq será o primeiro carro elétrico da marca de luxo, à venda em meados de 2021. A divisão pretende manter o aspecto normal de um carro a combustão, oferecer desempenho compatível com o do Jaguar I-Pace e competir no segmento de US$ 75 mil a US$ 90 mil. Depois vem um SUV menor, do tamanho do atual XT4, e só na linha 2025 a marca deve ter um grande SUV (como o atual Escalade) a eletricidade. O mais luxuoso Cadillac elétrico será o Celestiq, um hatchback de quatro lugares com montagem artesanal à base de 1,2 veículo por dia, a ser vendido nos EUA acima de R$ 100 mil.

 

 

• Chevrolet – O conhecido Bolt (acima), único elétrico da GM vendido no Brasil, recebe atualizações de estilo e interior na linha 2021. Os planos seguintes da Chevrolet incluem dois SUVs elétricos. Um compacto será derivado do Bolt, com certa semelhança de linhas ao Blazer e o sistema de assistência ao motorista Super Cruise da Cadillac, já no próximo ano. Outro de tamanho médio, na faixa do Equinox, vem para 2025. Uma picape com bateria também está nos planos, a fim de competir com a versão similar da Ford F-150, mas deve aparecer apenas em 2025.

Buick – A divisão mais bem-sucedida na China que nos EUA terá dois SUVs elétricos: um mais convencional, que está perto do lançamento, e outro de formas mais arrojadas adiante.

Texto da equipe – Fotos: divulgação